Gosfrido, que morreu em 878, foi conde do Maine, a partir de 865 até 878 , e marquês da Nêustria, a partir de 865 até 878. Ele era o filho mais novo de Rorgon I, conde do Maine, e de Bilichilde.

Em 861, Carlos, o Calvo criou as marcas de Nêustria, e confiou-as a Roberto, o Forte , e a Adalardo, o Senescal. Gosfrido e seu irmão mais velho, Rorgo II, posicionados na região, viram como uma ameaça ao seu poder, se revoltaram e se aliaram a Salomão da Bretanha.

Em 865, Rorgo II morreu e Gosfrido sucedeu-o no Maine. No mesmo ano, Carlos, o Calvo, retira a marca a Adalardo, e, em troca de sua submissão, a doa a Gosfrido.

Seus filhos não são conhecidos com certeza. Dois filhos são certos:

  • Goslino († 914), conde do Maine[1].
  • Gosberto, conde citado em 912

Ele morreu em 878 e sua honores retornaram para um primo Ragenoldo de Herbauges, seus filhos, se ele os tinha, eram muito jovem para sucedê-lo.

Referências

  1. Régine Le Jan Famille et pouvoir dans le monde franc (VIIe-Xe siècle).

Link externoEditar

  A Wikipédia tem os portais:
  • Maine
  • Haut Moyen Âge