Governo polonês no exílio



Rząd Rzeczypospolitej Polskiej nd uchodźstwie
Governo polonês no exílio
Flag of Poland.svg
1939 – 1990 Flag of Poland.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Continente Europa
Capital Varsóvia (de jure)
Capitais de facto
Paris (1939-1940)
Angers (1940)
Londres (1940-1990)
Língua oficial Polonês
Governo Governo no exílio
Presidente
 • 1939-1947 Władysław Raczkiewicz (primeiro)
 • 1989-1990 Ryszard Kaczorowski (último)
Primeiro Ministro
 • 1939-1940 Władysław Sikorski (primeiro)
 • 1986-1990 Edward Szczepanik (último)
Período histórico Segunda Guerra Mundial e Guerra Fria
 • 15 de setembro de 1939 Invasão da Polônia
 • 22 de dezembro de 1990 Dissolução da União Soviética

O Governo polonês no exílio, formalmente conhecido como o Governo da República da Polónia no exílio (em polonês: Rząd Rzeczypospolitej Polskiej na uchodźstwie), foi o governo da Polônia no exílio formado em sequência a Invasão da Polônia, em setembro de 1939, e as subsequentes ocupações da Polônia pela Alemanha nazista e União Soviética, que levaram ao fim da Segunda República Polaca fundada em 1918. Apesar da ocupação da Polônia por forças hostis, o governo no exílio exerceu considerável influência na Polónia através das estruturas do Estado Secreto Polaco e seu braço militar, a resistência Armia Krajowa.[1][2]

Embora amplamente reconhecido e sem poder efetivo após o fim da Segunda Guerra Mundial, manteve-se na existência até o fim do regime comunista na Polônia, em 1990, em oposição à República Popular da Polónia, um estado satélite soviético, quando formalmente aprovada em sua responsabilidades para com o novo governo.[2][3]

O governo no exílio foi baseado na França durante 1939 e 1940, primeiro em Paris e depois em Angers. A partir de 1940, após a queda da França, o governo mudou-se para Londres, e permaneceu no Reino Unido até sua dissolução em 1990.[2][3]

Presidentes da Polónia no exílio (1939-1989)Editar

Nome Início Final
1. Władysław Raczkiewicz 30 de setembro de 1939 6 de junho de 1947
2. August Zaleski 6 de junho de 1947 7 de abril de 1972
3. Stanisław Ostrowski 9 de abril de 1972 8 de abril de 1979
4. Edward Bernard Raczyński 8 de abril de 1979 8 de abril de 1986
5. Kazimierz Sabbat 8 de abril de 1986 19 de julho de 1989
6. Ryszard Kaczorowski 19 de julho de 1989 22 de dezembro de 1990


Referências

  1. deadlybirds. «Governo Polonês em Exílio – RRPU». Consultado em 30 de novembro de 2012. Arquivado do original em 23 de novembro de 2011 
  2. a b c deadlybirds. «Governo Polonês da Clandestinidade Polskie Państwo Podziemne – PPP». Consultado em 30 de novembro de 2012. Arquivado do original em 23 de novembro de 2011 
  3. a b Lukacs, John (2003). Churchill: visionário, estadista, historiador. [S.l.]: Editora Zahar. p. 43,161. 178 páginas. ISBN 9788571107137 
  Este artigo sobre história ou um(a) historiador(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.