Abrir menu principal
Grammy Awards de 2004
Data 8 de fevereiro de 2004
Local Staples Center, Los Angeles, Califórnia
País  Estados Unidos
Maior número de prémios Beyoncé (5)
Maior número de nomeações Beyoncé, Jay-Z, Outkast, Pharrell Williams (6 cada)
Cobertura televisiva
Estação CBS
2003
2005

A 46.ª cerimônia anual do Grammy Awards foi realizada em 8 de fevereiro de 2004 no Staples Center em Los Angeles, Califórnia. Os grandes vencedores foram Outkast, que ganhou três prêmios, incluindo Álbum do Ano e Beyoncé Knowles, que ganhou cinco prêmios. Empatados para o maior número de indicações, com seis cada, estavam Knowles, Outkast e Jay-Z.[1]

Índice

PerformancesEditar

Efeitos da controvérsia do Super Bowl XXXVIIIEditar

Janet Jackson foi originalmente programada para realizar uma homenagem a Luther Vandross durante a cerimônia. No entanto, devido a um incidente envolvendo Jackson durante o show do intervalo do Super Bowl XXXVIII na semana anterior, onde seu seio foi brevemente revelado por Justin Timberlake, Jackson foi colocado na lista negra pela empresa Viacom e seu convite para a cerimônia foi rescindido. Apesar de seu envolvimento no "mau funcionamento do figurino", Timberlake ainda foi convidado, e usou um de seus discursos de aceitação para se desculpar pelo incidente. A CBS também transmitiu a cerimônia com um atraso de cinco minutos.[2][3]

Vencedores do PrêmioEditar

GeralEditar

Gravação do Ano
Álbum do Ano
Canção do Ano
Artista Revelação

AlternativoEditar

Melhor Álbum de Música Alternativa

BluesEditar

  • Melhor Álbum de Blues Tradicional
  • Melhor Álbum de Blues Contemporâneo

Filme/TV/MídiaEditar

CountryEditar

DanceEditar

Show MusicalEditar

  • Melhor Álbum de Teatro Musical

PopEditar

Pop TradicionalEditar

Referências

  1. «2003 Grammy Award Winners». Grammy.com. Consultado em 1 de maio de 2011 
  2. «MTV Under Attack by FCC». Rolling Stone. Consultado em 27 de julho de 2017 
  3. «Nipple Ripples: Revisiting Janet Jackson's Wardrobe Malfunction». Rolling Stone. Consultado em 28 de julho de 2017