Abrir menu principal

Grande Prêmio da Bélgica de 1990

Grande Prêmio da Bélgica
de Fórmula 1 de 1990
Belgian Grand Prix Spa.png
35º GP da Bélgica em Spa-Francorchamps
Detalhes da corrida
Data 26 de agosto de 1990
Nome oficial Grand Prix de Belgique
Local Circuito de Spa-Francorchamps, Liège, Valônia, Bélgica
Total 44 voltas / 308.176 km
Condições do tempo Seco
Pole
Piloto
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Tempo 1:50.365
Volta mais rápida
Piloto
França Alain Prost Ferrari
Tempo 1:55.087 (na volta 38)
Pódio
Primeiro
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Segundo
França Alain Prost Ferrari
Terceiro
Áustria Gerhard Berger McLaren-Honda

Resultados do Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1 realizado em Spa-Francorchamps à 26 de agosto de 1990. Foi a décima primeira etapa da temporada e teve como vencedor o brasileiro Ayrton Senna.[1][2][nota 1]

ResumoEditar

Senna tinha razão. Largar três vezes na frente para ganhar a mesma corrida era uma novidade na sua biografia.

Ayrton Senna vinha de três vitórias e duas pole position no circuito de Spa-Francorchamps e estava disposto a repetir a façanha. "Claro que uma vitória será novidade. Eu ainda não ganhei aqui esse ano", disse Senna, brincando com os jornalistas da televisão belga antes dos treinos. Repetiu a pole sem surpresa, mas para marcar a quarta vitória teve que fazer uma tríplice largada. As duas primeira foram anuladas por acidentes. Também na terceira ele se impôs e venceu de ponta a ponta com Alain Prost e Gerhard Berger completando o pódio.

Classificação da provaEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 27   Ayrton Senna McLaren-Honda 44 1:26:31.997 1 9
2 1   Alain Prost Ferrari 44 + 3.550 3 6
3 28   Gerhard Berger McLaren-Honda 44 + 28.462 2 4
4 19   Alessandro Nannini Benetton-Ford 44 + 49.337 6 3
5 20   Nelson Piquet Benetton-Ford 44 + 1:29.650 8 2
6 15   Maurício Gugelmin Leyton House-Judd 44 + 1:48.851 14 1
7 16   Ivan Capelli Leyton House-Judd 43 + 1 volta 12
8 4   Jean Alesi Tyrrell-Ford 43 + 1 volta 9
9 29   Eric Bernard Lola-Lamborghini 43 + 1 volta 15
10 10   Alex Caffi Arrows-Ford 43 + 1 volta 19
11 11   Derek Warwick Lotus-Lamborghini 43 + 1 volta 18
12 12   Martin Donnelly Lotus-Lamborghini 43 + 1 volta 22
13 9   Michele Alboreto Arrows-Ford 43 + 1 volta 26
14 25   Nicola Larini Ligier-Ford 42 + 2 voltas 21
15 23   Pierluigi Martini Minardi-Ford 42 + 2 voltas 16
16 14   Olivier Grouillard Osella-Ford 42 + 2 voltas 23
17 8   Stefano Modena Brabham-Judd 39 Motor 13
Ret 7   David Brabham Brabham-Judd 36 Pane elétrica 24
Ret 22   Andrea de Cesaris Dallara-Ford 27 Motor 20
Ret 5   Thierry Boutsen Williams-Renault 21 Transmissão 4
Ret 2   Nigel Mansell Ferrari 19 Handling 5
Ret 6   Riccardo Patrese Williams-Renault 18 Câmbio 7
Ret 21   Emanuele Pirro Dallara-Ford 5 Vazamento d’água 17
Ret 3   Satoru Nakajima Tyrrell-Ford 4 Motor 10
Ret 30   Aguri Suzuki Lola-Lamborghini 0 Acidente 11
Ret 24   Paolo Barilla Minardi-Ford 0 Acidente 25
DNQ 26   Philippe Alliot Ligier-Ford
DNQ 17   Gabriele Tarquini AGS-Ford
DNQ 18   Yannick Dalmas AGS-Ford
DNQ 31   Bertrand Gachot Coloni-Ford
DNPQ 33   Roberto Moreno Eurobrun-Judd
DNPQ 34   Claudio Langes Eurobrun-Judd
DNPQ 39   Bruno Giacomelli Life

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas. Entre 1981 e 1990 cada piloto podia computar onze resultados válidos por temporada não havendo descartes no mundial de construtores.

Notas

  1. Voltas na liderança: Ayrton Senna liderou as 44 voltas da prova.

Referências

Precedido por
Grande Prêmio da Hungria de 1990
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1990
Sucedido por
Grande Prêmio da Itália de 1990
Precedido por
Grande Prêmio da Bélgica de 1989
Grande Prêmio da Bélgica
48ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Bélgica de 1991