Abrir menu principal
Grande Prêmio da Espanha
de Fórmula 1 de 1977
Circuito Permanente del Jarama 1980.svg
Sétimo GP da Espanha realizado em Jarama
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 8 de maio de 1977
Nome oficial XXIII Gran Premio de España[1][nota 1]
Local Jarama, Madri, Espanha
Percurso 3.404 km
Total 80 voltas / 272.320 km
Pole
Piloto
Estados Unidos Mario Andretti Lotus-Ford
Tempo 1:18.70
Volta mais rápida
Piloto
França Jacques Laffite Ligier-Matra
Tempo 1:20.81 (na volta 5)
Pódio
Primeiro
Estados Unidos Mario Andretti Lotus-Ford
Segundo
Argentina Carlos Reutemann Ferrari
Terceiro
África do Sul Jody Scheckter Wolf-Ford

Resultados do Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1 realizado em Jarama à 8 de maio de 1977.[2] Quinta etapa da temporada, nele o vencedor foi o norte-americano Mario Andretti.[3][nota 2]

Índice

ResumoEditar

Classificado em terceiro lugar no grid, o austríaco Niki Lauda sentiu uma forte dor nas costas durante o warm-up ao fazer uma curva de alta velocidade no domingo pela manhã. Levado a um hospital em Madri para a realização de exames, diagnosticaram uma distensão muscular. À falta de uma injeção anti-inflmatória capaz de tratá-lo durante toda a corrida, os médicos aconselharam o piloto a não correr, decisão acatada por Lauda e também pela Ferrari.[4]

Esta corrida marcou a estreia da equipe Williams Grand Prix Engineering, que inscreveu um único March 761 pilotado pelo belga Patrick Nève, que terminou em décimo segundo lugar. O referido time estrearia como construtor de seus próprios bólidos somente no Grande Prêmio da Argentina de 1978.[nota 3]

Classificação da provaEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 5   Mario Andretti Lotus-Ford 75 1:42:52.22 1 9
2 12   Carlos Reutemann Ferrari 75 + 15.85 4 6
3 20   Jody Scheckter Wolf-Ford 75 + 24.51 5 4
4 2   Jochen Mass McLaren-Ford 75 + 24.87 9 3
5 6   Gunnar Nilsson Lotus-Ford 75 + 1:05.83 12 2
6 8   Hans-Joachim Stuck Brabham-Alfa Romeo 74 + 1 volta 13 1
7 26   Jacques Laffite Ligier-Matra 74 + 1 volta 2
8 3   Ronnie Peterson Tyrrell-Ford 74 + 1 volta 15
9 18   Hans Binder Surtees-Ford 73 + 2 voltas 20
10 30   Brett Lunger March-Ford 72 + 3 voltas 25
11 10   Ian Scheckter March-Ford 72 + 3 voltas 17
12 27   Patrick Nève March-Ford 71 + 4 voltas 22
13 36   Emilio de Villota McLaren-Ford 70 + 5 voltas 23
14 28   Emerson Fittipaldi Fittipaldi-Ford 70 + 5 voltas 19
Ret 7   John Watson Brabham-Alfa Romeo 64 Sistema de combustível 6
Ret 17   Alan Jones Shadow-Ford 56 Acidente 14
Ret 24   Rupert Keegan Hesketh-Ford 32 Acidente 16
Ret 25   Harald Ertl Hesketh-Ford 29 Radiador 18
Ret 16   Renzo Zorzi Shadow-Ford 25 Motor 24
Ret 37   Arturo Merzario March-Ford 16 Suspensão 21
Ret 4   Patrick Depailler Tyrrell-Ford 12 Motor 10
Ret 1   James Hunt McLaren-Ford 10 Motor 7
Ret 22   Clay Regazzoni Ensign-Ford 9 Acidente 8
Ret 19   Vittorio Brambilla Surtees-Ford 9 Acidente 11
DNS 11   Niki Lauda Ferrari 0 Piloto machucado 3 [4]
DNQ 34   Jean-Pierre Jarier Penske-Ford
DNQ 9   Alex Dias Ribeiro March-Ford
DNQ 33   Boy Hayje March-Ford
DNQ 38   Brian Henton March-Ford
DNQ 31   David Purley LEC-Ford
DNQ 35   Conny Andersson BRM

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas. As dezessete etapas de 1977 foram divididas em um bloco de nove e outro de oito corridas onde cada piloto descartava um resultado por bloco e no mundial de construtores computava-se apenas o melhor resultado de cada equipe por prova.

Notas

  1. A denominação oficial de uma corrida não reflete, necessariamente, o número real de provas realizadas sob um mesmo nome, informação esta inserida abaixo na caixa de sucessão.
  2. As estatísticas quanto aos pilotos que lideraram a prova não estão disponíveis neste momento.
  3. Não devemos confundir a Williams Grand Prix Engineering com a Frank Williams Racing Cars, criada em 1967 e que comprou um carro da Brabham para estrear na Fórmula 1 com Piers Courage no Grande Prêmio da Espanha de 1969. Depois a FWRC utilizou modelos De Tomaso e March e correu sob os nomes de patrocinadores como "Politoys" e "Iso-Marlboro". Em 1975 a escuderia correu usando sobrenome do fundador, mas no ano seguinte o milionário canadense Walter Wolf comprou 60% do time, renomeou-o como "Wolf-Williams Racing" e após adquirir todas as ações dispensou Frank Williams e criou a Walter Wolf Racing em 1977.

Referências

  1. «Motor Racing Programme Covers: 1977». The Programme Covers Project. Consultado em 29 de outubro de 2017 
  2. «1977 Spanish Grand Prix - race result». Consultado em 12 de janeiro de 2019 
  3. JÚNIOR. Chico. Andretti vence de ponta a ponta o GP da Espanha (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 09/05/1977. Primeiro caderno, Automobilismo, p. 08. Página visitada em 12 de janeiro de 2019.
  4. a b Distensão surpreende Lauda antes da saída (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 09/05/1977. Primeiro caderno, Automobilismo, p. 08. Página visitada em 12 de janeiro de 2019.
Precedido por
Grande Prêmio do Oeste dos EUA de 1977
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1977
Sucedido por
Grande Prêmio de Mônaco de 1977
Precedido por
Grande Prêmio da Espanha de 1976
Grande Prêmio da Espanha
22ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Espanha de 1978