Abrir menu principal
Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1 de 1996
Barcelona 2000.jpg
Grande Prêmio da Espanha de 1996.
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 2 de junho de 1996
Nome oficial XXXVIII Gran Premio de España
Local Circuito da Catalunha, Barcelona, Espanha
Total 65 voltas / 307.255 (192.034 mi) km
Pole
Piloto
Reino Unido Damon Hill Williams-Renault
Tempo 1:20.650
Volta mais rápida
Piloto
Alemanha Michael Schumacher Ferrari
Tempo 1:45.517 (na volta 14)
Pódio
Primeiro
Alemanha Michael Schumacher Ferrari
Segundo
França Jean Alesi Benetton-Renault
Terceiro
Canadá Jacques Villeneuve Williams-Renault

Resultados do Grande Prêmio da Espanha realizado em Barcelona à 2 de junho de 1996. Esta prova marcou a primeira das 72 vitórias de Michael Schumacher pela Ferrari.[1]

Índice

Relatório da provaEditar

Treinos oficiaisEditar

Damon Hill marcou a 15ª pole position de sua carreira e a Williams pôs Jacques Villeneuve ao seu lado sendo que a Ferrari de Michael Schumacher ficou a quase um segundo da marca do piloto inglês[2] após o tedesco ser o mais rápido nos treinos oficiais de Ímola e Montecarlo no mês passado.

CorridaEditar

Soberana nos treinos oficiais graças ao tempo seco, a Williams teve que disputar a corrida em pista molhada no domingo e em suas primeiras voltas nada parecia indicar um resultado que não fosse o domínio da prova, afinal Jacques Villeneuve tomou a liderança trazendo consigo a Benetton de Jean Alesi. Em pouco tempo Michael Schumacher surge como destaque da prova ao se beneficiar das saídas de pista de Irvine e Hill e tão logo superou Gerhard Berger saiu à caça dos líderes e os superou tomando a ponta após doze voltas.

Para azar da equipe de Grove, a manobra de Schumacher derrubou Villeneuve para o segundo lugar quase à mesma hora em que Hill saiu da pista pela terceira vez e bateu o carro relembrando os piores momentos de sua carreira quando, ano passado, foi superado de maneira impiedosa por Schumacher na luta pelo título mundial, e por falar no alemão da Ferrari ele despachou Villeneuve e abriu cerca de três segundos na primeira volta após superar o canadense, cujo desempenho sob chuva o deixou à mercê de Alesi numa ultrapassagem que se concretizou apenas em outro momento.

Conforme o tempo passava as equipes fizeram uso das estratégias de box e nisso a vantagem de Michael Schumacher era tão grande em relação aos demais que mesmo após parar duas vezes sua liderança não foi ameaçada enquanto Alesi, Villeneuve e Barrichello aceleravam de modo a definir a composição final do pódio ante a iminente apoteose ferrarista graças ao minuto de vantagem sobre o francês Alesi. Um defeito mecânico tirou Rubens Barrichello da pista a vinte voltas do final e assim encaminhou a composição do pódio na Espanha.

Michael Schumacher cruzou a linha de chegada próximo às duas horas de corrida e venceu sua primeira corrida pela Ferrari sob grande euforia[3] tornando-se o primeiro alemão a vencer pela casa de Maranello desde 1961 quando Wolfgang von Trips triunfou na Grã-Bretanha.[4] De volta ao presente, Jean Alesi e Jacques Villeneuve completaram o pódio numa tarde onde apenas seis carros concluíram a prova espanhola; além dos três citados, a zona de pontuação apresentou Heinz-Harald Frentzen, Mika Häkkinen e Pedro Paulo Diniz. A este último coube a satisfação de atingir o melhor resultado de um brasileiro nessa pista desde Ayrton Senna.

Foi o primeiro Grande Prêmio da Espanha disputado em junho desde 1981 e a primeira vitória da Ferrari no país desde Alain Prost em 1990, e como se não bastasse ser o herói dos ferraristas, Michael Schumacher fechou uma trilogia espanhola ao triunfar consecutivamente no Grande Prêmio da Europa de 1994, no Grande Prêmio da Espanha de 1995 e no dia de hoje.

ClassificaçãoEditar

Pos No Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 1   Michael Schumacher Ferrari 65 1:59:49.307 3 10
2 3   Jean Alesi Benetton-Renault 65 +45.302 4 6
3 6   Jacques Villeneuve Williams-Renault 65 +48.388 2 4
4 15   Heinz-Harald Frentzen Sauber-Ford 64 +1 volta 11 3
5 7   Mika Häkkinen McLaren-Mercedes 64 +1 volta 10 2
6 10   Pedro Diniz Ligier-Mugen-Honda 63 +2 voltas 17 1
Ret 17   Jos Verstappen Footwork-Hart 47 Spun off 13  
Ret 11   Rubens Barrichello Jordan-Peugeot 45 Diferencial 7  
Ret 4   Gerhard Berger Benetton-Renault 44 Spun off 5  
Ret 14   Johnny Herbert Sauber-Ford 20 Spun off 9  
Ret 12   Martin Brundle Jordan-Peugeot 17 Diferencial 15  
DSQ 19   Mika Salo Tyrrell-Yamaha 16 Desclassificado 12  
Ret 5   Damon Hill Williams-Renault 16 Spun off 1  
Ret 18   Ukyo Katayama Tyrrell-Yamaha 8 Eléctrico 16  
Ret 2   Eddie Irvine Ferrari 1 Spun off 6  
Ret 9   Olivier Panis Ligier-Mugen-Honda 1 Colisão 8  
Ret 21   Giancarlo Fisichella Minardi-Ford 1 Colisão 19  
Ret 8   David Coulthard McLaren-Mercedes 0 Colisão 14  
Ret 16   Ricardo Rosset Footwork-Hart 0 Colisão 20  
Ret 20   Pedro Lamy Minardi-Ford 0 Colisão 18  
DNQ 22   Luca Badoer Forti-Ford   Acima dos 107% 21  
DNQ 23   Andrea Montermini Forti-Ford   Acima dos 107% 22  

NotasEditar

  • Primeira vitória de Michael Schumacher pela Ferrari.
  • Primeiro ponto na carreira de Pedro Paulo Diniz.

Referências