Abrir menu principal
Grande Prêmio da Itália
de Fórmula 1 de 1976
Monza 1976.jpg
42º GP da Itália realizado em Monza
Detalhes da corrida
Data 12 de setembro de 1976
Nome oficial Gran Premio d'Italia
Local Autódromo Nacional de Monza, Monza, Monza e Brianza, Lombardia, Itália
Percurso 5.800 km
Total 52 voltas / 301.600 km
Pole
Piloto
França Jacques Laffite Ligier-Matra
Tempo 1:41.35[1]
Volta mais rápida
Piloto
Suécia Ronnie Peterson March-Ford
Tempo 1:41.3[2] (na volta 50)
Pódio
Primeiro
Suécia Ronnie Peterson March-Ford
Segundo
Suíça Clay Regazzoni Ferrari
Terceiro
França Jacques Laffite Ligier-Matra

Resultados do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 realizado em Monza à 12 de setembro de 1976. Décima terceira etapa da temporada, nele o sueco Ronnie Peterson conseguiu a última vitória da March.[3][4][5] No entanto a grande notícia do fim de semana foi o retorno de Niki Lauda às pistas 42 dias após o gravíssimo acidente sofrido em Nürburgring conseguindo o quarto lugar na prova.[6][nota 1]

Índice

Punição a James HuntEditar

Doze dias após o Grande Prêmio da Itália o Tribunal de Recursos da Comissão Esportiva Internacional (CSI), vinculado à FIA, julgou em Paris um recurso interposto por Ferrari, Brabham, Tyrrell e Fittipaldi contra a vitória de James Hunt no Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 1976 alegando infração ao seguinte trecho do regulamento: "os pilotos que não voltarem aos boxes com os seus carros, só podem largar na última fila". No caso em questão a McLaren de Hunt não regressou por seus próprios meios e sim empurrada pelos mecânicos. Diante do exposto o tribunal cassou a vitória do britânico e assim Niki Lauda (que esteve presente ao julgamento, mas preferiu regressar a Viena) alargou a vantagem sobre James Hunt de cinco (61 a 56) para dezessete pontos (64 a 47), pois o austríaco, outrora o segundo colocado, foi proclamado vencedor em Brands Hatch.[7][nota 2][nota 3]

No mesmo dia negaram um recurso contra a decisão que restituiu a vitória de James Hunt no Grande Prêmio da Espanha de 1976[8] evitando um prejuízo maior ao reclamado e sua equipe. Mesmo assim a decisão tomada pela CSI quanto ao Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 1976 entrou para a história como a primeira vez que um piloto de Fórmula 1 teve sua vitória cassada nos tribunais.[9][10]

Classificação da provaEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 10   Ronnie Peterson March-Ford 52 1:30:35.6 8 9
2 2   Clay Regazzoni Ferrari 52 + 2.3 9 6
3 26   Jacques Laffite Ligier-Matra 52 + 3.0 1 4
4 1   Niki Lauda Ferrari 52 + 19.4 5 3
5 3   Jody Scheckter Tyrrell-Ford 52 + 19.5 2 2
6 4   Patrick Depailler Tyrrell-Ford 52 + 35.7 4 1
7 9   Vittorio Brambilla March-Ford 52 + 43.9 16
8 16   Tom Pryce Shadow-Ford 52 + 52.9 15
9 35   Carlos Reutemann Ferrari 52 + 57.5 7
10 22   Jacky Ickx Ensign-Ford 52 + 1:12.4 10
11 28   John Watson Penske-Ford 52 + 1:42.2 26
12 19   Alan Jones Surtees-Ford 51 + 1 volta 18
13 6   Gunnar Nilsson Lotus-Ford 51 + 1 volta 12
14 18   Brett Lunger Surtees-Ford 50 + 2 voltas 24
15 30   Emerson Fittipaldi Fittipaldi-Ford 50 + 2 voltas 20
16 24   Harald Ertl Hesketh-Ford 49 Semieixo 19
17 38   Henri Pescarolo Surtees-Ford 49 + 3 voltas 22
18 37   Alessandro Pesenti-Rossi Tyrrell-Ford 49 + 3 voltas 21
19 17   Jean-Pierre Jarier Shadow-Ford 47 + 5 voltas 17
Ret 7   Rolf Stommelen Brabham-Alfa Romeo 41 Sistema de combustível 11
Ret 34   Hans-Joachim Stuck March-Ford 23 Acidente 6
Ret 5   Mario Andretti Lotus-Ford 23 Acidente 14
Ret 11   James Hunt McLaren-Ford 11 Spun Off 24
Ret 40   Larry Perkins Boro-Ford 8 Motor 13
Ret 8   José Carlos Pace Brabham-Alfa Romeo 4 Motor 3
Ret 12   Jochen Mass McLaren-Ford 2 Ignição 25
DNS 25   Guy Edwards Hesketh-Ford Retirou-se
DNS 20   Arturo Merzario Wolf-Williams-Ford Retirou-se
DNS 39   Otto Stuppacher Tyrrell-Ford Ausente

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas. A temporada de 1976 foi dividida em dois blocos de oito corridas onde cada piloto descartaria um resultado. Neste ponto esclarecemos: na tabela dos construtores figurava somente o melhor colocado dentre os carros do mesmo time.

Notas

  1. Voltas na liderança: Jody Scheckter 10 voltas (1-10), Ronnie Peterson 42 voltas (11-52).
  2. Os recursos apresentados contra pilotos e equipes mexeram com a tabela de classificação ao longo do ano, mas na Wikipedia em língua portuguesa mantivemos consolidada a pontuação de pilotos e equipes, pois as sanções contra James Hunt na Espanha e John Watson no Grande Prêmio da França de 1976 foram posteriormente revogadas e no caso referente à prova da Grã-Bretanha tratamos a vitória de Niki Lauda como fato consumado à luz dos registros históricos.
  3. Sob a égide do exposto acima, citamos a "diferença artificial" de cinco pontos entre Lauda e Hunt após a corrida na Itália somente para ilustrar o impacto da sentença no desenrolar da competição na qual seriam disputados três grandes prêmios: Canadá, Estados Unidos e Japão.

Referências

  1. Lang, Mike (1983). Grand Prix! Vol 3. [S.l.]: Haynes Publishing Group. p. 145. ISBN 0-85429-380-9 
  2. Lang, Mike (1983). Grand Prix! Vol 3. [S.l.]: Haynes Publishing Group. p. 147. ISBN 0-85429-380-9 
  3. «1976 Italian Grand Prix - race result». Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  4. Peterson chega em 1º e Lauda aumenta vantagem (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 13/09/1976. Primeiro caderno, Amador, p. 21. Página visitada em 10 de janeiro de 2019.
  5. «Histórico da March Engineering (em inglês) no grandprix.com». Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  6. GP da Itália: Vitória de Peterson na volta de Lauda (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 13/09/1976. Esportes, p. 15. Página visitada em 10 de janeiro de 2019.
  7. Tribunal anula vitória de Hunt e beneficia Lauda (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 25/09/1976. Primeiro caderno, Esporte, p. 22. Página visitada em 10 de janeiro de 2019.
  8. FIA devolve nove pontos a Hunt (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 06/07/1976. Primeiro caderno, Esporte, p. 27. Página visitada em 10 de janeiro de 2019.
  9. Punição a James Hunt favorece posição de Lauda no mundial (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 25/09/1976. Esportes, p. 23. Página visitada em 10 de janeiro de 2019.
  10. Hunt fica também sem a vitória da Inglaterra (online). O Estado de S.Paulo, São Paulo (SP), 25/09/1976. Geral, p. 24. Página visitada em 10 de janeiro de 2019.
Precedido por
Grande Prêmio dos Países Baixos de 1976
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1976
Sucedido por
Grande Prêmio do Canadá de 1976
Precedido por
Grande Prêmio da Itália de 1975
Grande Prêmio da Itália
46ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Itália de 1977