Abrir menu principal
Grande Prêmio da Malásia
de Fórmula 1 de 2000
Sepang.svg
Segundo GP da Malásia realizado em Sepang
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 22 de outubro de 2000
Nome oficial II Petronas Malaysian Grand Prix
Local Sepang, Sepang, Selangor, Malásia
Total 56 voltas / 310.408 km
Condições do tempo Nublado, muito quente, seco
Pole
Piloto
Alemanha Michael Schumacher Ferrari
Tempo 1:37.397
Volta mais rápida
Piloto
Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes
Tempo 1.38.543 (na volta 34)
Pódio
Primeiro
Alemanha Michael Schumacher Ferrari
Segundo
Reino Unido David Coulthard McLaren-Mercedes
Terceiro
Brasil Rubens Barrichello Ferrari

Resultados do Grande Prêmio da Malásia de Fórmula 1 realizado em Sepang à 22 de outubro de 2000. Décima sétima e última etapa da temporada, nele a vitória foi do alemão Michael Schumacher (Ferrari), com David Coulthard (McLaren-Mercedes) em segundo e Rubens Barrichello (também pela Ferrari) em terceiro lugar.[1][2][nota 1]

ResumoEditar

  • Última corrida de Pedro Paulo Diniz, que encerrou sua carreira de piloto e adquiriu 50% da equipe Prost.
  • Última corrida de Jenson Button na equipe Williams. Ele assinou contrato com a Benetton para disputar a temporada de 2001.
  • Última corrida de Pedro de la Rosa na Arrows. O espanhol só voltaria a correr na F-1 a partir do GP da Espanha de 2001, pela Jaguar.
  • Últimas corridas de Johnny Herbert, Ricardo Zonta e Mika Salo como pilotos titulares. Enquanto o inglês assinou com a Arrows para ser piloto de testes, o brasileiro foi contratado pela Jordan para exercer a mesma função. Zonta ainda disputaria provas esporadicamente até 2005. Salo interrompeu a carreira como piloto titular para dedicar-se aos testes da equipe Toyota, que estrearia na F-1 em 2002.
  • Última corrida dos motores Peugeot, Playlife/Supertec e Mugen-Honda na Fórmula 1.
  • Última corrida da equipe Minardi com o patrocínio da Fondmetal, que forneceu os motores ao time de Faenza em 2000. O piloto espanhol Marc Gené também deixaria a Minardi para trabalhar como piloto de testes da Williams.
  • Foi também a última corrida disputada por Alexander Wurz pela equipe Benetton. O austríaco assinou com a McLaren para ser piloto de testes, permanecendo na equipe inglesa até 2005.
  • A Ferrari adotou a peruca vermelha para comemorar a conquista do Mundial de Pilotos e de Construtores este ano, o que não ocorria desde 1979.

ClassificaçãoEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 3   Michael Schumacher Ferrari 56 1:35:54.235 1 10
2 2   David Coulthard McLaren-Mercedes 56 + 0.732 3 6
3 4   Rubens Barrichello Ferrari 56 + 18.444 4 4
4 1   Mika Häkkinen McLaren-Mercedes 56 + 35.269 2 3
5 22   Jacques Villeneuve BAR-Honda 56 + 1:10.692 6 2
6 7   Eddie Irvine Jaguar-Cosworth 56 + 1:12.568 7 1
7 12   Alexander Wurz Benetton-Playlife 56 + 1:29.314 5
8 17   Mika Salo Sauber-Petronas 55 + 1 volta 17
9 11   Giancarlo Fisichella Benetton-Playlife 55 + 1 volta 13
10 19   Jos Verstappen Arrows-Supertec 55 + 1 volta 15
11 14   Jean Alesi Prost-Peugeot 55 + 1 volta 18
12 6   Jarno Trulli Jordan-Mugen/Honda 55 + 1 volta 9
13 21   Gastón Mazzacane Minardi-Fondmetal 50 Motor 22
Ret 8   Johnny Herbert Jaguar-Cosworth 48 Suspensão 12
Ret 23   Ricardo Zonta BAR-Honda 46 Motor 11
Ret 9   Ralf Schumacher Williams-BMW 43 Motor 8
Ret 20   Marc Gené Minardi-Fondmetal 36 Roda 21
Ret 10   Jenson Button Williams-BMW 18 Motor 16
Ret 5   Heinz-Harald Frentzen Jordan-Mugen/Honda 7 Pane elétrica 10
Ret 18   Pedro de La Rosa Arrows-Supertec 0 Colisão 14
Ret 15   Nick Heidfeld Prost-Peugeot 0 Colisão 19
Ret 16   Pedro Paulo Diniz Sauber-Petronas 0 Colisão 20
Fonte: [1]

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas e os campeões da temporada estão grafados em negrito.

Notas

  1. Voltas na liderança: Mika Häkkinen 2 voltas (1-2), David Coulthard 15 voltas (3-17), Michael Schumacher 36 voltas (18-24; 26-39; 42-56), Rubens Barrichello 3 voltas (25; 40-41).

Referências

  1. a b «2000 Malaysian Grand Prix - race result». Consultado em 3 de agosto de 2019 
  2. SEIXAS, Fábio. Schumacher fecha melhor ano da Ferrari (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 23/10/2000. Primeiro caderno, Esportes, pág. D-8. Página visitada em 3 de agosto de 2019.
Precedido por
Grande Prêmio do Japão de 2000
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 2000
Sucedido por
Grande Prêmio da Austrália de 2001
Precedido por
Grande Prêmio da Malásia de 1999
Grande Prêmio da Malásia
2ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Malásia de 2001