Abrir menu principal


O Grande Prêmio da Suíça foi um evento automobilístico da Fórmula 1 realizado entre 1950 e 1982[1]. Não houve provas de 1955 a 1975 e de 1976 a 1981, tornando-se proibidas em função da sequência dos trágicos acontecimentos das 24 Horas de Le Mans 1955, onde o Mercedes desgovernado do francês Pierre Levegh matou 80 espectadores.

Suíça Grande Prêmio da Suíça
Dijon-Prenois
Dijon-Prenois Circuit.svg
Mapa do circuito.
Informações da corrida
Localização Prenois, França
Voltas 79
Percurso 3887 km (2614 mi)
Total 307.073 km (190.806 mi)
Curvas 8
Pole França Alain Prost
Renault V6 Turbo
1min 01s 380
1982
Volta mais rápida
na prova
França Alain Prost
Renault V6 Turbo
1min 07s 477
1982
Anos disputados 16 (6 oficial)
Primeira disputa 1934 (1950 oficial)
Última disputa 1982
Maior vencedor (pilotos) Oficial
Argentina Juan Manuel Fangio (2)
Maior vencedor (equipe) Oficial
Itália Alfa Romeo (2)
Itália Ferrari (2)
Última corrida (1982):
Pole Position
Piloto França Alain Prost
Renault V6 Turbo
Tempo 1min 01s 380
Volta mais rápida
Piloto França Alain Prost
Renault V6 Turbo
Tempo 1min 07s 477
Pódio
Primeiro Finlândia Keke Rosberg
Williams-Ford V8
1h 32min 41s 087
Segundo França Alain Prost
Renault V6 Turbo
+4s 442
Terceiro Áustria Niki Lauda
McLaren-Ford V8
+1min 00s 343

Foram quase 60 anos de proibição ao automobilismo na Suíça, desde o trágico acidente nas 24 Horas de Le Mans de 1955. Mas na terça-feira, 16 de março de 2015, foi aprovada pelo Conselho dos Estados da Suíça uma moção para que o país volta a receber o esporte. Serve apenas para carros elétricos, no entanto.[2]

Domingo, 10 de junho de 2018, 64 anos depois marcou a volta de uma prova automobilística na Suíça, na etapa de Zurique, a primeira prova em território suíço da Fórmula E e com vitória do brasileiro Lucas di Grassi.[3]


Índice

VencedoresEditar

Recordes do Grande Prêmio da SuíçaEditar

Pilotos que mais venceramEditar

Em rosa e creme indica que a prova não fez parte do Mundial de Fórmula 1.

Referências