Abrir menu principal
Grande Prêmio de Detroit
de Fórmula 1 de 1982
Downtown Detroit Street Circuit (1982).svg
Primeira edição do Grande Prêmio de Detroit
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 6 de junho de 1982
Nome oficial I Detroit Grand Prix
Local Circuito Urbano de Detroit, Detroit, Michigan, EUA
Total 62[nota 1] voltas / 308.700 km
Condições do tempo Ensolarado, ameno
Pole
Piloto
França Alain Prost Renault
Tempo 1:48.537
Volta mais rápida
Piloto
França Alain Prost Renault
Tempo 1:50.438 (na volta 45)
Pódio
Primeiro
Reino Unido John Watson McLaren-Ford
Segundo
Estados Unidos Eddie Cheever Ligier-Matra
Terceiro
França Didier Pironi Ferrari

Resultados do Grande Prêmio de Detroit de Fórmula 1 realizado em Detroit em 6 de junho de 1982.[1][2] Sétima etapa da temporada, teve como vencedor o britânico John Watson, da McLaren-Ford.[3][nota 2]

ResumoEditar

Desorganização e improvisoEditar

Detroit empenhou-se em receber uma corrida de Fórmula 1, mas a organização de seu parque industrial não parecia ter chegado à pista da capital mundial do automóvel, afinal a desorganização reinante cancelou o treino extra de quinta-feira porque as obras no circuito não haviam sido concluídas e a primeira sessão de qualificação prevista para sexta-feira foi cancelada graças ao atraso na fixação das barreiras.[3] Assim, a qualificação aconteceria no sábado em duas sessões de uma hora, com quatro horas de intervalo entre elas.

Num sábado frio e nublado sob ameaça de chuva, os pilotos foram ao asfalto enquanto a pista estava seca, não obstante o risco de acidentes em razão do tráfego intenso. Dentre as batidas que ocorreram, duas foram mais chamativas: a Theodore de Jan Lammers contra a Renault de Alain Prost que, inclusive, levou o neerlandês ao hospital; e a de René Arnoux, também da equipe francesa, cujo bólido rodou, bateu e ficou atravessado na pista ocasionando a suspensão do treino por quinze minutos. Diante do mau estado da pista Nelson Piquet bradou: "Eu nunca vi tanta ondulação na minha vida. Fica muito difícil controlar um carro de Fórmula 1 nessas condições. Detroit, comparado a Mônaco, é uma brincadeira!"[4] À tarde os competidores voltaram à pista, mas como o asfalto estava úmido por causa da chuva, nenhum piloto melhorou seu tempo. Neste caso foi melhor para Alain Prost, da Renault, que assegurou a pole position com a Alfa Romeo de Andrea de Cesaris ao seu lado. Eddie Cheever, representante local, sairá em nono com John Watson, candidato a líder do campeonato, em décimo sétimo. Quanto a Nelson Piquet, este não conseguiu se classificar e pela primeira vez em sua carreira não largará numa prova de Fórmula 1.[5]

Por falar em ausências, a Toleman não viajou para a América do Norte, decidindo concentrar-se no desenvolvimento de seu carro e agendou seu retorno para o Grande Prêmio dos Países Baixos. Quanto à Ferrari, a mesma não definiu um substituto para o falecido Gilles Villeneuve (embora Patrick Tambay seja apontado como tal) e correu apenas com Didier Pironi.[5]

Milagre de John WatsonEditar

Alain Prost fez valer a primeira posição e saiu à frente de Andrea de Cesaris, porém o italiano abandonou a prova quando um toque nas barreiras de concreto danificou-lhe a suspensão e alçou Keke Rosberg à vice-liderança. Pouco antes disso, Raul Boesel (March), Riccardo Paletti (Osella) e Mauro Baldi (Arrows) sequer completaram uma volta enquanto Manfred Winkelhock (ATS) foi a quarta vítima de acidente logo no princípio da corrida. No sexto giro Elio de Angelis forçou uma ultrapassagem pelo lado interno da pista sobre Roberto Guerrero no fim da reta dos boxes e como resultado a Ensign do colombiano bloqueou a pista e foi abalroado pela Brabham de Riccardo Patrese, fatos que interromperam a corrida por uma hora.[3]

Mesmo com o reinício da corrida o francês Alain Prost manteve a liderança até Keke Rosberg superá-lo na vigésima terceira volta. Nos fundões do grid o britânico John Watson ignorava o traçado estreito do Circuito Urbano de Detroit ao ultrapassar sucessivamente os pilotos Jochen Mass (March), René Arnoux (Renault), Jacques Laffite (Ligier) e Derek Daly (Williams) até alcançar a zona de pontuação na volta vinte e nove. Insatisfeito, o piloto da McLaren foçou uma ultrapassagem sobre a Alfa Romeo de Bruno Giacomelli causando um toque que eliminou o italiano da prova. Quinto colocado até aquele instante, Watson ultrapassou seu companheiro de equipe, Niki Lauda, na volta 33 ao fim da reta dos boxes e três curvas depois subiu para o segundo lugar ao superar Eddie Cheever e Didier Pironi para assumir o segundo posto e depois a liderança na volta 37 graças a perda de rendimento sofrida por Keke Rosberg. Sem ninguém a ameaçá-lo, John Watson ampliou sua vantagem na liderança enquanto seus adversários duelavam entre si. Por fim o britânico foi declarado vencedor após 62 voltas quando foi atingido o tempo-limite de duas horas[6] subindo ao pódio com Eddie Cheever (Ligier) e Didier Pironi (Ferrari).

Graças a estes resultados John Watson assumiu a liderança da competição com 26 pontos ante 20 pontos do regular Didier Pironi e 18 pontos de Alain Prost, este devido ao seu fulgurante início de temporada.

Treinos classificatóriosEditar

1º treino classificatório
Pos. Piloto Chassi/Motor Tempo
1 15   Alain Prost Renault 1:48.537
2 22   Andrea de Cesaris Alfa Romeo 1:48.872
3 6   Keke Rosberg Williams-Ford 1:49.264
4 28   Didier Pironi Ferrari 1:49.903
5 9   Manfred Winkelhock ATS-Ford 1:50.066
6 23   Bruno Giacomelli Alfa Romeo 1:50.252
7 12   Nigel Mansell Lotus-Ford 1:50.294
8 11   Elio de Angelis Lotus-Ford 1:50.443
9 25   Eddie Cheever Ligier-Matra 1:50.520
10 8   Niki Lauda McLaren-Ford 1:51.026
11 14   Roberto Guerrero Ensign-Ford 1:51.039
12 5   Derek Daly Williams-Ford 1:51.227
13 26   Jacques Laffite Ligier-Matra 1:51.270
14 2   Riccardo Patrese Brabham-Ford 1:51.508
15 16   René Arnoux Renault 1:51.514
16 3   Michele Alboreto Tyrrell-Ford 1:51.618
17 7   John Watson McLaren-Ford 1:51.868
18 17   Jochen Mass March-Ford 1:52.271
19 29   Marc Surer Arrows-Ford 1:52.316
20 4   Brian Henton Tyrrell-Ford 1:52.867
21 18   Raul Boesel March-Ford 1:52.870
22 31   Jean-Pierre Jarier Osella-Ford 1:52.988
23 32   Riccardo Paletti Osella--Ford 1:54.084
24 30   Mauro Baldi Arrows-Ford 1:54.332
25 10   Eliseo Salazar ATS-Ford 1:55.633
26 20   Chico Serra Fittipaldi-Ford 1:55.848
27 19   Emilio de Villota RAM-Ford 1:56.589
28 1   Nelson Piquet Brabham-BMW 1:57.779
29 33   Jan Lammers Theodore-Ford sem tempo
2º treino classificatório
Pos. Piloto Chassi/Motor Tempo
1 8   Niki Lauda McLaren-Ford 2:09.121
2 22   Andrea de Cesaris Alfa Romeo 2:10.770
3 9   Manfred Winkelhock ATS-Ford 2:11.260
4 7   John Watson McLaren-Ford 2:11.384
5 5   Derek Daly Williams-Ford 2:11.554
6 3   Michele Alboreto Tyrrell-Ford 2:11.678
7 25   Eddie Cheever Ligier-Matra 2:11.745
8 29   Marc Surer Arrows-Ford 2:12.033
9 11   Elio de Angelis Lotus-Ford 2:12.481
10 6   Keke Rosberg Williams-Ford 2:12.559
11 17   Jochen Mass March-Ford 2:13.486
12 31   Jean-Pierre Jarier Osella-Ford 2:13.648
13 28   Didier Pironi Ferrari 2:13.665
14 18   Raul Boesel March-Ford 2:14.385
15 15   Alain Prost Renault 2:14.616
16 30   Mauro Baldi Arrows-Ford 2:14.746
17 10   Eliseo Salazar ATS-Ford 2:16.139
18 12   Nigel Mansell Lotus-Ford 2:20.888
19 4   Brian Henton Tyrrell-Ford 2:22.663
20 20   Chico Serra Fittipaldi-Ford 2:24.739
21 32   Riccardo Paletti Osella--Ford 2:24.878
22 23   Bruno Giacomelli Alfa Romeo sem tempo
23 14   Roberto Guerrero Ensign-Ford sem tempo
24 26   Jacques Laffite Ligier-Matra sem tempo
25 2   Riccardo Patrese Brabham-Ford sem tempo
26 16   René Arnoux Renault sem tempo
27 19   Emilio de Villota RAM-Ford sem tempo
28 1   Nelson Piquet Brabham-BMW sem tempo
29 33   Jan Lammers Theodore-Ford sem tempo

Grid de largada e classificação da provaEditar

Grid de Largada
Pos. Piloto Chassi/Motor Tempo
1 15   Alain Prost Renault 1:48.537
2 22   Andrea de Cesaris Alfa Romeo 1:48.872
3 6   Keke Rosberg Williams-Ford 1:49.264
4 28   Didier Pironi Ferrari 1:49.903
5 9   Manfred Winkelhock ATS-Ford 1:50.066
6 23   Bruno Giacomelli Alfa Romeo 1:50.252
7 12   Nigel Mansell Lotus-Ford 1:50.294
8 11   Elio de Angelis Lotus-Ford 1:50.443
9 25   Eddie Cheever Ligier-Matra 1:50.520
10 8   Niki Lauda McLaren-Ford 1:51.026
11 14   Roberto Guerrero Ensign-Ford 1:51.039
12 5   Derek Daly Williams-Ford 1:51.227
13 26   Jacques Laffite Ligier-Matra 1:51.270
14 2   Riccardo Patrese Brabham-Ford 1:51.508
15 16   René Arnoux Renault 1:51.514
16 3   Michele Alboreto Tyrrell-Ford 1:51.618
17 7   John Watson McLaren-Ford 1:51.868
18 17   Jochen Mass March-Ford 1:52.271
19 29   Marc Surer Arrows-Ford 1:52.316
20 4   Brian Henton Tyrrell-Ford 1:52.867
21 18   Raul Boesel March-Ford 1:52.870
22 31   Jean-Pierre Jarier Osella-Ford 1:52.988
23 32   Riccardo Paletti Osella--Ford 1:54.084
24 30   Mauro Baldi Arrows-Ford 1:54.332
25 10   Eliseo Salazar ATS-Ford 1:55.633
26 20   Chico Serra Fittipaldi-Ford 1:55.848
DNQ 19   Emilio de Villota RAM-Ford 1:56.589
DNQ 1   Nelson Piquet Brabham-BMW 1:57.779
DNQ 33   Jan Lammers Theodore-Ford sem tempo
Classificação da prova
Pos. Piloto Chassi/Motor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 7   John Watson McLaren-Ford 62 1:58'41.043 17 9
2 25   Eddie Cheever Ligier-Matra 62 + 15.726 9 6
3 28   Didier Pironi Ferrari 62 + 28.077 4 4
4 6   Keke Rosberg Williams-Ford 62 + 1'11.976 3 3
5 5   Derek Daly Williams-Ford 62 + 1'23.757 12 2
6 26   Jacques Laffite Ligier-Matra 61 + 1 volta 13 1
7 17   Jochen Mass March-Ford 61 + 1 volta 18
8 29   Marc Surer Arrows-Ford 61 + 1 volta 19
9 4   Brian Henton Tyrrell-Ford 60 + 2 voltas 20
10 16   René Arnoux Renault 59 + 3 voltas 15
11 20   Chico Serra Fittipaldi-Ford 59 + 3 voltas 26
NC 15   Alain Prost Renault 54 Não classificado 1
Ret 12   Nigel Mansell Lotus-Ford 44 Motor 7
Ret 8   Niki Lauda McLaren-Ford 40 Colisão 10
Ret 3   Michele Alboreto Tyrrell-Ford 40 Rodada 16
Ret 23   Bruno Giacomelli Alfa Romeo 30 Colisão 6
Ret 11   Elio de Angelis Lotus-Ford 17 Câmbio 8
Ret 10   Eliseo Salazar ATS-Ford 13 Rodada 25
Ret 14   Roberto Guerrero Ensign-Ford 6 Colisão 11
Ret 2   Riccardo Patrese Brabham-Ford 6 Colisão 14
Ret 22   Andrea de Cesaris Alfa Romeo 2 Transmissão 2
Ret 31   Jean-Pierre Jarier Osella-Ford 2 Ignição 22
Ret 9   Manfred Winkelhock ATS-Ford 1 Rodada 5
Ret 18   Raul Boesel March-Ford 0 Colisão 21
Ret 30   Mauro Baldi Arrows-Ford 0 Colisão 24
Ret 32   Riccardo Paletti Osella-Ford 0 Não largou 23
DNQ 19   Emilio de Villota March-Ford Não qualificado
DNQ 1   Nelson Piquet Brabham-BMW Não qualificado
DNQ 33   Jan Lammers Theodore-Ford Não qualificado

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas. Entre 1981 e 1990 cada piloto podia computar onze resultados válidos por temporada não havendo descartes no mundial de construtores.

Notas

  1. Originalmente a corrida estava agendada para 70 voltas, mas foi interrompida na volta 62 devido a um acidente e encerrada após duas horas.
  2. Voltas na liderança: Alain Prost 22 voltas (1-22), Keke Rosberg 14 voltas (23-36), John Watson 26 voltas (37-62).

Referências

  1. «1982 Detroit Grand Prix - race result». Consultado em 11 de fevereiro de 2019 
  2. Fred Sabino (28 de outubro de 2019). «Estados Unidos já tiveram cinco circuitos de rua recebendo corridas de Fórmula 1». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 28 de outubro de 2019 
  3. a b c Fred Sabino (6 de junho de 2018). «John Watson fez milagre em Detroit ao vencer largando de 17º, em 1982». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 11 de fevereiro de 2019 
  4. Nas ruas de Detroit, um novo perigo para a F-1 (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 06/06/1982. Esportes, Terceiro caderno, p. 32. Página visitada em 4 de outubro de 2019.
  5. a b «United States GP, 1982 (em inglês) no grandprix.com». Consultado em 4 de outubro de 2019 
  6. «Watson vence em Detroit e assume a liderança na F-1 (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 07/06/1982. Esportes, p. 20.». Consultado em 11 de fevereiro de 2019 
Precedido por
Grande Prêmio de Mônaco de 1982
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1982
Sucedido por
Grande Prêmio do Canadá de 1982
Precedido por
Nenhum
Grande Prêmio de Detroit
1ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio de Detroit de 1983