Abrir menu principal

Grande Prêmio do México de 1965

Grande Prêmio do México
de Fórmula 1 de 1965
Autodromo Hermanos Rodriguez 1963.svg
Quarto GP do México disputado na capital do país
Detalhes da corrida
Categoria Formula 1
Data 24 de outubro de 1965
Nome oficial IV Gran Premio de Mexico
Local Ciudad Deportiva Magdalena Mixhuca, Cidade do México, México
Total 65 voltas / 325.000 km
Pole
Piloto
Reino Unido Jim Clark Lotus-Climax
Tempo 1:56.17
Volta mais rápida
Piloto
Estados Unidos Dan Gurney Brabham-Climax
Tempo 1:55.84 (na volta 57)
Pódio
Primeiro
Estados Unidos Richie Ginther Honda
Segundo
Estados Unidos Dan Gurney Brabham-Climax
Terceiro
Reino Unido Mike Spence Lotus-Climax

Resultados do Grande Prêmio do México de Fórmula 1 realizado na Cidade do México em 24 de outubro de 1965. Décima e última etapa da temporada, foi palco da única vitória do norte-americano Richie Ginther e da primeira vitória da Honda como equipe.[1][2][3][4][nota 1]

ResumoEditar

Foi a décima quarta e última dobradinha norte-americana na Fórmula 1.[nota 2]

Primeira vitória de um carro com pneus Goodyear na categoria.[2]

Classificação da provaEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 11   Richie Ginther Honda 65 2:08:32.10 3 9
2 8   Dan Gurney Brabham-Climax 65 + 2.89 2 6
3 6   Mike Spence Lotus-Climax 65 + 1:00.15 6 4
4 16   Jo Siffert Brabham-BRM 65 + 1:54.42 11 3
5 12   Ronnie Bucknum Honda 64 + 1 volta 10 2
6 21   Richard Attwood Lotus-BRM 64 + 1 volta 17 1
7 14   Pedro Rodríguez Ferrari 62 + 3 voltas 14
8 2   Lorenzo Bandini Ferrari 62 + 3 voltas 7
Ret 3   Graham Hill BRM 56 Motor 5
Ret 18   Moisés Solana Lotus-Climax 55 Ignição 9
Ret 15   Jo Bonnier Brabham-Climax 43 Suspensão 12
Ret 10   Jochen Rindt Cooper-Climax 39 Ignição 15
Ret 7   Jack Brabham Brabham-Climax 38 Vazamento de óleo 4
Ret 4   Jackie Stewart BRM 35 Embreagem 8
Ret 22   Bob Bondurant Lotus-BRM 29 Suspensão 17
Ret 9   Bruce McLaren Cooper-Climax 25 Câmbio 14
Ret 5   Jim Clark Lotus-Climax 8 Motor 1
DNS 22   Innes Ireland Lotus-BRM Carro entregue a Bondurant
DNS 24   Ludovico Scarfiotti Ferrari Carro entregue a Rodríguez

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas. Apenas os seis melhores resultados de cada piloto ou equipe eram computados visando o título. Neste ponto esclarecemos: na tabela dos construtores figurava somente o melhor colocado dentre os carros de um time. No presente caso, os campeões da temporada surgem grafados em negrito.

Notas

  1. Voltas na liderança: Richie Ginther liderou as 65 voltas da prova.
  2. Somente pilotos norte-americanos pontuaram nas 500 Milhas de Indianápolis quando tal prova integrava o calendário da Fórmula 1 e depois disso os EUA fizeram dobradinhas nos seguintes grandes prêmios: Itália em 1960, Itália em 1961 e no México em 1965, conforme descrito acima.

Referências

  1. «1965 Mexican Grand Prix - race result». Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  2. a b Fred Sabino (20 de setembro de 2019). «Morto há 30 anos, Richie Ginther foi o primeiro piloto a dar à Honda uma vitória na Fórmula 1». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 20 de setembro de 2019 
  3. «Biografia de Richie Ginther (em inglês) no grandprix.com». Consultado em 10 de dezembro de 2018 
  4. Fred Sabino (20 de junho de 2018). «Honda tem trajetória de triunfos históricos e grandes fracassos na Fórmula 1». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 13 de dezembro de 2018 
Precedido por
Grande Prêmio dos Estados Unidos de 1965
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1965
Sucedido por
Grande Prêmio de Mônaco de 1966
Precedido por
Grande Prêmio do México de 1964
Grande Prêmio do México
4ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio do México de 1966