Abrir menu principal
Grinspoon
Informação geral
Origem Lismore, Nova Gales do Sul
País  Austrália
Gênero(s) Post-grunge
Metal alternativo[1]
Hard rock
Nu metal
Grunge
Período em atividade 1995 - presente
Gravadora(s) Universal Records (1996-2007)
Grudge Records (1996–2002)
Oracle Records (1995)
Integrantes Phil Jamieson
Pat Davern
Joe Hansen
Kristian Hopes
Página oficial Página Oficial

Grinspoon é uma banda australiana de post-grunge formada em Lismore, composta por Phil Jamieson, com Pat Davern na guitarra, Joe Hansen no baixo e Kristian Hopes na bateria.

Fundada em 1995, tornaram-se famosos quando pertenciam ao projeto "Unearthed", lançado pelas rádio Triple J pela música "Sickfest". Eles ganharam a competição respeitante à área de Lismore. A banda foi muito influenciada pelo movimento de nu metal no inicio da sua carreira, desde bandas como Helmet e Prong. A sua sonoridade muda mais para o rock com o lançamento do álbum New Detention, tendo perdido alguns dos seus mais fieis seguidores, mas também ganharam outros.

HistóriaEditar

Após ganharem o concurso de rádio em que participaram, ficaram a ser conhecidos no mundo da música, com possibilidades de fazer uma carreira internacional. Por isso, conquistaram o público alternativo australiano. O seu EP de estreia homónimo, conhecido também como Green Album, foi editado pela gravadora independente Oracle. Continha as faixas "Sickfest" e "More Than You Are" que tornara-se popular e saiu igualmente em álbuns posteriores.

O segundo EP, Licker Bottle Cozy, foi lançado pela gravadora Grudge Records em Dezembro de 1996. Possuía uma sonoridade mais pesada em relação ao primeiro EP.

Após uma paragem para definir qual a direcção que seguir, a banda lança em 2002 o disco New Detention, que teve como single "Chemical Heart", que foi bem recebido pelos fãs e media. Em 2003, lançam o EP Panic Attack, que entre outras continha a cover da banda INXS, "Don't Change".

Em 2004, a banda lança o single "Hard Act To Follow", do álbum Thrills, Kills & Sunday Pills. O segundo e terceiro single foram respetivamente "Better Off Alone" e "Hold on Me". Por essa altura a banda acordou em buscar uma nova audiência e refletir sob o trabalho já feito.

A banda editou em 2007, o álbum intitulado Alibis & Other Lies, sendo o último pela gravadora Universal Records. O disco foi produzido pela banda e por Ramesh Sathiah, que já tinha trabalhado anteriormente com eles. O primeiro single que saiu foi "Black Tattoo".

Lançaram igualmente uma compilação de dois discos, Best in Show. Tendo no primeiro disco todos os seus êxitos, entre eles o clássico "Champion". No segundo disco inclui uma colecção de covers gravadas ao longo do tempo.

Em Fevereiro de 2007, Phil Jamieson admitiu estar em reabilitação devido á dependência de cristais de metanfetaminas.[2]

A 14 de Julho de 2007, o último álbum pela Universal foi Alibis & Other Lies. Foi um disco que mostrava a mudança de sonoridade da banda, sendo os álbuns anteriores mais pop-rock, enquanto este tem um som pesado, mais metal.

DiscografiaEditar

SinglesEditar

Ano Título Tabela Álbum
AUS [3]
1997 "Just Ace" 25 Guide to Better Living
"Pedestrian"
"DCX3" 50
"Repeat"
1998 "Don't Go Away"
1999 "Ready 1" 36 Easy
"Rock Show"
2000 "Secrets"
"Violent and Lazy"
2002 "Chemical Heart" 25 New Detention
"Lost Control" 29
"No Reason"
2003 "1000 Miles"
2004 "Hard Act to Follow" 24 Thrills, Kills & Sunday Pills
"Better Off Alone" 30
2005 "Hold on Me" 44
"Bleed You Dry"
"Sweet As Sugar" Best in Show
2007 "Black Tattoo" 45 Alibis & Other Lies
"What You Got"
"Minute By Minute"
2009 "Comeback" 48 Six to Midnight
"Summer"
2010 "Premonitions"

Referências

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre uma banda ou grupo musical da Austrália é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.