Grupo Medianova

Grupo Medianova é uma empresa angolana que publica vários periódicos e medias eletrónicas. A holding é liderada por Álvaro Torre.[1]

Grupo Media Nova
Razão social Sociedade Anónima
Empresa de capitais fechados
Atividade Comunicação Social
Fundação 2008
Sede Luanda, Angola
Presidente Filipe Correia de Sá
Produtos

HistóricoEditar

O Grupo Media Nova arrancou em 2008 e surge com o propósito de produzir e distribuir conteúdos de mídia para a sociedade angolana. A sua actividade diverge nos variados canais de comunicação que possuí, assegurando informação e entretenimento com a mais elevada qualidade e profissionalismo.

EmpresasEditar

O Media Nova dispõe um vasto produtos e marcas e empresas do grupo.

AtuaisEditar

TelevisãoEditar

  • TV Zimbo - maior empresa emissora do grupo, presente em praticamente todo o território angolano. Inaugurada em 14 de Dezembro de 2008.

RádioEditar

RevistasEditar

  • Revista Exame - é uma revista dos negócios, as grandes oportunidades, a economia e seus desafios. Indispensável aos decisores de topo, atentos à marcha do progresso e da modernidade.

JornaisEditar

  • O País
  • Semanário Económico (extinto)

MídiaEditar

  • Damer Gráfica[2] - A tipografia Damer Gráfica, S.A também pertence o grupo se bem que em propriedade ou independente com os mesmos accionistas.
  • MN Distribuidora - é a empresa do grupo que serve para distribuição.
  • Publivision[3] (extinta)

Presidentes do Conselho de AdministraçãoEditar

Nome Início mandato Fim mandato
João Van-Dúnem (†) 2009 fevereiro de 2013[4]
Filipe Correia de Sá março de 2013[5]

Referências

  1. ««Queremos ser líderes de mercado» Álvaro Torre». Angonotícias. 30 de Maio de 2009. Consultado em 7 de Abril de 2012 
  2. «Grafica Damer abre as suas portas». Medianova. 27 de novembro de 2008. Consultado em 7 de abril de 2012 
  3. «LPM Publivision "nunca chegou a avançar"». Meios & Publicidade. 22 de Maio de 2009 
  4. «Morreu o PCA do grupo Media Nova». Angonotícias. 9 de fevereiro de 2013. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  5. «Media Nova com nova direcção». Angonotícias. 16 de abril de 2013 

Ligações externasEditar