Grupo de Mídias da China

China Media Group (CMG; chinês simplificado: 中央广播电视总台, literalmente ‘Central Radio-Television General Station’); pronúncia: [tʂʊ́ŋ.jɑ́ŋ.kwɑ̀ŋ.pɔ́.tjɛ̂n.ʂɨ̂.tsʊ̀ŋ.tʰǎɪ],[1][2] também conhecida como Voz da China,[3][4][5]ou Grupo de Mídias da China, é a Empresa estatal de Mídia predominante por meio de transmissão de rádio e televisão na República Popular da China. Foi fundada em 21 de março de 2018 através da fusão da CCTV, CGTN, CNR, e CRI.[6]

China Media Group
中央广播电视总台
CCTVNewLogo cropped.svg
China Central Television
China National Radio.png
China National Radio
China Radio International.png
China Radio International
CGTN.svg
China Global Television Network
Antiga sede da Televisão Central da China, agora sede do China Media Group
Empresa estatal
Atividade Conglomerado de mídia
Fundação 21 de março de 2018 (3 anos)
Sede Pequim, China
Área(s) servida(s)  China e Mundo
Proprietário(s) República Popular da China
Presidente Shen Haixiong
Acionistas Departamento de Publicidade do Partido Comunista da China
Conselho de Estado da República Popular da China
Website oficial www.cctv.com/gyys
Grupo de Mídias da China
Chinês simplificado: 中央广播电视总台
Chinês tradicional: 中央廣播電視總台
Significado literal Estação Central de Rádio e Televisão
Nome chinês alternativo
Chinês simplificado: 中国之声
Chinês tradicional: 中國之聲
Significado literal: Voz da China

HistóriaEditar

Em 21 de março de 2018, o Governo da República Popular da China anunciou que a Televisão Central da China, a Rádio Nacional da China e a Rádio Internacional da China formariam parte de uma nova supercorporação nacional, o China Media Group, após a primeira sessão do 13º Congresso Popular Nacional. No mesmo dia, Shen Haixiong, presidente da CCTV, foi nomeado presidente do China Media Group.[7]

A CMG foi criada para servir como holding dos serviços nacionais e internacionais de transmissão de rádio e televisão da República Popular da China, para conectar milhões de chineses da China Continental, de Hong Kong, de Macau e de Taiwan, bem como expatriados no exterior.

Um dos ativos do CMG, particularmente a CGTN, foi registrado como agente estrangeiro nos termos da FARA dos Estados Unidos da América em 2019.[8]

Em 2020, vários ativos do CMG, especialmente a CGTN e a China Radio International, foram designados como missões estrangeiras pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos.[9][10]

Lista de presidentesEditar

Nome Posse do Cargo Tipo de Cargo Notas
1 Shen Haixiong 21 de Março de 2018 Titular [11][12]

Veja TambémEditar

  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. «Trailer of Media Leaders Summit for Asia». China Radio International. 8 de Abril de 2018. Consultado em 9 de Abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de Abril de 2018 
  2. «China Hosts Media Leaders for Asia Summit». MENAFN.com. 11 de Abril de 2018. Consultado em 11 de Abril de 2018. Cópia arquivada em 11 de Abril de 2018 
  3. Stone, Curtis (22 de Março de 2018). «World needs a better understanding of China, "Voice of China" can help». People's Daily. Consultado em 8 de Abril de 2018. Cópia arquivada em 22 de Março de 2018 
  4. Kuo, Lily (21 de Março de 2018). «China state media merger to create propaganda giant». The Guardian. Consultado em 8 de Abril de 2018. Cópia arquivada em 22 de Março de 2018 
  5. Jiang, Steven (21 de Março de 2018). «Beijing has a new propaganda weapon: Voice of China». CNN. Consultado em 8 de Abril de 2018. Cópia arquivada em 21 de Março de 2018 
  6. 中共中央印发《深化党和国家机构改革方案》 (em chinês). NetEase. Xinhua News Agency. 21 de Março de 2018. Consultado em 9 de Abril de 2018. Cópia arquivada em 21 de Março de 2018 
  7. 慎海雄任中央广播电视总台台长. NetEase (em chinês). China Central Television. 21 de Março de 2018. Consultado em 9 de Abril de 2018. Cópia arquivada em 21 de Março de 2018 
  8. wsj.com/articles/chinese-state-media-giant-cgtn-registers-as-foreign-agent-in-u-s-11549387532
  9. Jakes, Lara; Myers, Steven Lee (18 de fevereiro de 2020). «U.S. Designates China's Official Media as Operatives of the Communist State». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 22 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 24 de março de 2020 
  10. Naranjo, Jesse. «U.S. to treat 5 Chinese media firms as 'foreign missions'». POLITICO (em inglês). Consultado em 22 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 5 de julho de 2020 
  11. 重磅|中央广播电视总台成立,慎海雄担任首任台长 (em chinês). Rádio Nacional da China. 22 de Março de 2018. Consultado em 9 de Abril de 2018. Cópia arquivada em 22 de Março de 2018 
  12. 国务院任免国家工作人员 (em chinês). Agência de Notícias Xinhua. 4 de Abril de 2018. Consultado em 9 de Abril de 2018. Cópia arquivada em 9 de Abril de 2018