Abrir menu principal

Leticia Perdigón

(Redirecionado de Guadalupe Leticia Perdigón)
Leticia Perdigón
Nome completo Guadalupe Leticia Perdigón Labrador
Nascimento 7 de julho de 1956 (63 anos)
Cidade do México
Ocupação atriz
Atividade 1973 - presente

Guadalupe Leticia Perdigón Labrador (Cidade do Mexico, Mexico, 7 de agosto de 1956) é uma atriz mexicana.[1] Nascida na Cidade do México, Leticia já fez várias novelas e já trabalhou com vários atores importantes do México. Pouco a pouco com seu ótimo trabalho como atriz ficou muito conhecida e virou uma figura importante na atuação mexicana. Antes de ingressar em Rebelde já havia trabalhado com vários atores da novelas como Dulce Maria e Anahí.

BiografiaEditar

Começou sua carreira de atriz com o filme Eva y Darío no ano de 1973, atuando ao lado a primeira atriz Ana Luisa Peluffo, o primeiro ator Joaquín Cordero, Lilia Michel, e também a primeira atriz Norma Lazareno. Esta fita foi sua primeira aparição na tela grande, embora no início daquele ano, ele havia trabalhado na telenovela Mi rival.

No ano de 1975 trabalha em quatro dos seus filmes mais notáveis: Presagio, do professor Luis Alcoriza, co-escrito com o prêmio Nobel: Gabriel García Márquez, e onde atua ao lado de: David Reynoso, Lucha Villa, Pancho Cordova, Carmen Montejo, Enrique Lucero, Gloria Marí e José Gálvez. Também filma La otra virginidad, onde atua com importantes atores como: Valentín Trujillo, Meche Carreño, Víctor Manuel Mendoza, Rita Macedo e Eduardo Noriega. Filma também Bellas de noche, o primeiro filme de "ficheras" feito no México, onde ele atua novamente ao lado de Pancho Córdova, Rosa Carmina, Jorge Rivero, Enrique Novi e Mario Garcia "Rags".

Em 1976 intervém em papel protagonico no filme Coronación, ao lado de Ernesto Alonso, Sergio Jiménez, Aarón Hernán, Carmen Montejo, Raquel Olmedo e atua também em Longitud de guerra, onde atua ao lado de Víctor Alcocer, Mario Almada, Fernando Balzaretti, Pancho Córdova, Jaime Fernández e José Gálvez.

Posteriormente trabalha em Lagunilla, mi barrio, filmado em 1981, onde trabalha ao lado de Manolo Fábregas, Lucha Villa, Héctor Suárez, Raúl Meraz, Carmen Molina, Queta Lavat, e Jorge Fegán e sua sequência: Lagunilla 2, filmada dois anos mais tarde, em 1983.

No ano de 1992, filma: Anoche soñé contigo, com Socorro Bonilla, José Alonso y Patricia Aguirre.

Trabalhou em diversas telenovelas da Televisa, como Al diablo con los guapos, versão mexicana do êxito argentino Muñeca brava.

Em 2009 encarnou Leonor, mãe do protagonista da exitosa telenovela Hasta que el dinero nos separe. Realizou em 2010 una participação especial no final de Niña de mi corazón.

Para 2011 se integra com Rosy Ocampo em sua nova produção La fuerza del destino, onde interpreta Arcelia, uma mulher humilde, boa e maternal preocupada com seu filho.

Em 2012 inicia as gravações de Por ella soy Eva, novo melodrama de Rosy Ocampo onde se converte em Silvia, uma mulher disposta a aguentar tudo em seu matrimônio com um homem machista, pois se casou para toda a vida.

Em 2013 volta a trabalhar com Ocampo, agora na telenovela Mentir para vivir, onde interpreta Matilde Aresti de Camargo, e nesse mesmo ano faz uma participação especial na telenovela Qué pobres tan ricos também com Rosy Ocampo.

Em 2014 trabalha com Nathalie Lartilleux, no remake de La gata de 1970 fusionada com Rosa salvaje de 1987 e Cara sucia de 1992.

Em 2015 se integra à produção de Nicandro Díaz González, Hasta el fin del mundo dando vida a Guadalupe Sánchez "Doña Lupe", papel que antes interpretava a actriz María Rojo, quem saiu da produção por assuntos pessoais.

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

CinemaEditar

  • Cancionera (2004)
  • Un pájaro escondido (1997)
  • Asesino misterioso (1997) - Amalia
  • Un pájaro escondido (1997)
  • Doble indemnización (1996) - Rosario
  • Balazos en la capirucha (1996)
  • Ruta 100 (1996)
  • Fuera ropa (1995)
  • Juego limpio (1996) - Silvia
  • Las alas del pez (1995)
  • La asesinadita (1994)
  • Luna de hiel (1994)
  • Ya la hicimos (1993)
  • Dos fantasmas sinvergüenzas (1993)
  • Un paso al cielo (1993)
  • S.I.D.A., síndrome de muerte (1993) - Carmen
  • Anoche soñé contigo (1992) - Azucena
  • Los Panaderos (1992)
  • Borrachas de pulquería (1992)
  • La mestiza (1991)
  • Infierno verde (1991)
  • Pelearon diez rounds (1991)
  • El mutilador (1991)
  • Golpe brutal (1991)
  • Acosado (1991)
  • Los reptiles (1991)
  • El garañón 2 (1990)
  • Pelo gallo (1990)
  • Mafiosos corporativos (1990)
  • Escoria otra parte de ti (1990)
  • El bolas (1990)
  • El día de las sirvientas (1989)
  • Las borrachas (1989)
  • Bandas guerreras (1989)
  • Ejecutor de narcos (1989)
  • Pánico en el bosque (1989)
  • Día de muertos (1988)
  • La ley del coyote (1988)
  • Alicia en el país del dólar (1988)
  • El vergonzoso (1988)
  • Matadero (1987)
  • El chácharas (1987)
  • Más vale pájaro en mano (1985)
  • Amenaza roja (1985)
  • Adiós Lagunilla, adiós (1984)
  • Lagunilla 2 (1983) .... Rita
  • El día que murió Pedro Infante (1982)
  • Lagunilla, mi barrio (1981) - Rita
  • Ángel del barrio (1981) - Mago
  • Misterio (1980)
  • El jardín de los cerezos (1978)
  • La hora del jaguar (1978) - Alicia
  • ¿Y ahora qué, señor fiscal? (1977)
  • Longitud de guerra (1976)
  • Coronación (1976) - Estela
  • Yo fui violada (1976)
  • Las fuerzas vivas (1975)
  • La montaña del diablo (1975) - Marcelina
  • Bellas de noche (1975)
  • La otra virginidad (1975)
  • Presagio (1975)
  • Capulina contra las momias (1973)
  • Eva y Darío (1973)

Prêmios e IndicaçõesEditar

Prêmio TVyNovelasEditar

Ano Categoria Telenovela Resultado
1983 Melhor revelação feminina Vivir enamorada Indicado
2006 Melhor atriz coadjuvante Rebelde Indicado
2014 Melhor atriz coadjuvante Mentir para vivir Indicado[6]

Prêmios ArielEditar

Ano Categoria Projeto Resultado
1975 Melhor atriz La otra virgindad Indicado
1996 Melhor co-atuação feminina Doble indemnización Indicado
1997 Melhor co-atuação femenina Juego limpio Indicado

Referências

  1. «Biografía de Leticia Perdigón». Univision Novelas y Series. Consultado em 11 de abril de 2014. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2014 
  2. Leticia Perdigón es Doña Chana | Televisión. Consultado el 24 de febrero de 2017.
  3. Leticia Perdigón se queda con el personaje de María Rojo en 'Hasta el fin del mundo'. TVyNovelas.com. Consultado el 24 de febrero de 2017.
  4. Leticia Perdigón, agradecida con todos | Televisión . Televisa.com. Consultado el 24 de febrero de 2017.
  5. Leticia Perdigón: Una mujer impositiva y dominante en "Mentir para vivir"
  6. Conoce los nominados a los Premios TVyNovelas 2014 Arquivado em 8 de dezembro de 2014, no Wayback Machine. - Foro de Univisión actualizado el 5 de marzo del 2014

Ligações externasEditar