Guarani (Minas Gerais)

município brasileiro

Guarani é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

Guarani
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Guarani
Bandeira
Brasão de armas de Guarani
Brasão de armas
Hino
Lema Cidade Jardim
Gentílico guaraniense
Localização
Localização de Guarani em Minas Gerais
Localização de Guarani em Minas Gerais
Guarani está localizado em: Brasil
Guarani
Localização de Guarani no Brasil
Mapa de Guarani
Coordenadas 21° 21' 07" S 43° 02' 49" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Piraúba, Astolfo Dutra, Rio Novo, Rio Pomba, Descoberto, Tabuleiro
Distância até a capital 276 km
História
Fundação 25 de março de 1914 (108 anos)
Administração
Prefeito(a) Fernando Eduardo Pinheiro Belloti[1] (PTB, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [3] 264,837 km²
População total (Censo IBGE/2010[4]) 8 688 hab.
Densidade 32,8 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 440 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 36160-000 a 36164-999[2]
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [5]) 0,759 alto
PIB (IBGE/2008[6]) R$ 81 150,258 mil
PIB per capita (IBGE/2008[6]) R$ 8 184,59
Sítio www.guarani.mg.gov.br (Prefeitura)
www.guarani.mg.leg.br (Câmara)

GeografiaEditar

O município localiza-se na Mesorregião da Zona da Mata mineira. A sede dista por rodovia 276 km da capital Belo Horizonte.

Relevo, clima, hidrografiaEditar

A altitude da sede é de 440 m, e o ponto culminante do município está a 1434 m de altitude. O clima é do tipo tropical com chuvas durante o verão e temperatura média anual em torno de 21 °C, com variações entre 15 °C (média das mínimas) e 28 °C (média das máximas). (ALMG)

O município integra a bacia do rio Paraíba do Sul, sendo banhado pelo rio Pomba.

RodoviasEditar

DemografiaEditar

Dados do Censo - 2000

População total: 8.520

  • Urbana: 6.205
  • Rural: 2.315
  • Homens: 4.326
  • Mulheres: 4.194

(Fonte: AMM)

Densidade demográfica (hab./km²): 32,1

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 19,0

Expectativa de vida (anos): 73,5

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,1

Taxa de alfabetização: 84,4%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,759

  • IDH-M Renda: 0,649
  • IDH-M Longevidade: 0,808
  • IDH-M Educação: 0,821

(Fonte: PNUD/2000)

HistóriaEditar

Na metade do século XIX, surgiu o povoado denominado Espírito Santo do Cemitério, que em 1881 passaria a se chamar Guarani. A chegada da ferrovia, pertencente à Estrada de Ferro Leopoldina, incentivou o crescimento do povoado que se emancipou em 1911 (ALMG).

Referências

  1. [https://politica.estadao.com.br/eleicoes/2020/candidatos/mg/guarani/prefeito
  2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). 10 de outubro de 2002. Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar