Abrir menu principal
Guarapes
  Bairro do Brasil  
Localização dos Guarapes em Natal.
Localização dos Guarapes em Natal.
Unidade federativa  Rio Grande do Norte
Zona Zona Oeste de Natal
Região administrativa Região Oeste de Natal
Município  Natal
Criado em 1993
Limites Planalto, Guarapés (Macaíba), Rio Potenji
Distância até o centro 12,2 km
Fonte: http://www.natal.rn.gov.br/bvn/publicacoes/oeste_guarapes2009.pdf, http://www.natal.rn.gov.br/noticia/ntc-7559.html, http://www.natal.rn.gov.br/sms/paginas/ctd-752.html, http://www.transportesconceicao.com.br/index.php,/

Guarapes é um bairro da zona oeste da cidade de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte.

O nome do bairro foi originado de um afluente do Rio Potengi, o rio Guarapes.

É um bairro carente da atenção dos poderes de governo, um bairro muito bom de se morrar. O bairro está crescendo em habitação, em carona com o bairro Planalto.

O transporte público é escasso, contam apenas com duas linhas de ônibus e possui um terminal de ônibus, de propriedade da empresa Transportes Nossa Senhora da Conceição, as únicas duas linhas de ônibus que atende o bairro é operado pela mesma empresa citada.[1]


Saúde e educaçãoEditar

No bairro está localizado duas escolas públicas de ensino fundamental, dois centros de educação infantil, uma unidade do CRAS - Centro de Referência de Assistência Social, esse último também conhecido por PAIF e uma Unidade de Saúde Básica da Família.[2]

Bairros vizinhosEditar

Planalto, Guarapes (Macaíba), Felipe Camarão[3]

ReferênciasEditar

  1. «Transportes Conceição, Natal/RN, linhas, urbanas, coletivo,urbanos,transportes,ônibus, terminais, Cidade Nova, Felipe Camarão, Guarapes». Site oficial da empresa Transportes Conceição. Consultado em 23 de março de 2016 
  2. «Lista de Postos de Saúde de Natal - Prefeitura de Natal». Site oficial da Prefeitura de Natal. Consultado em 23 de março de 2016 
  3. «Natal: Meu bairro, minha cidade (Guarapés)» (PDF). Prefeitura de Natal - Meu Bairro, Minha Cidade - Guarapés. Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (SEMURB). 2009. Consultado em 23 de março de 2016