Guetim

localidade e antiga freguesia de Espinho, Portugal
Portugal Guetim 
  Freguesia portuguesa extinta  
Símbolos
Brasão de armas de Guetim
Brasão de armas
Localização
Guetim está localizado em: Portugal Continental
Guetim
Localização de Guetim em Portugal Continental
Coordenadas 41° 01' 04" N 8° 36' 25" O
Concelho primitivo Espinho
Concelho (s) atual (is) Espinho
Freguesia (s) atual (is) Anta e Guetim
História
Extinção 28 de janeiro de 2013
Características geográficas
Área total 1,76 km²
População total (2011) 1 403 hab.
Densidade 797,2 hab./km²

Guetim é uma aldeia portuguesa do concelho de Espinho, com 1,95 km² de área e 1 403 habitantes (2011)[1]. A sua densidade populacional é de 719,5 hab/km².

Foi sede de uma freguesia extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, para, em conjunto com Anta e Esmojães, formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Anta e Guetim com a sede em Anta.[2]

HistóriaEditar

Segundo o historiador Pe. Miguel Augusto de Oliveira, a etimologia da palavra Guetim, teve origem na fauna que em tempos remotos habitava estes lugares, os gatos bravos. Já Joseph Piel, advoga que a palavra Guetim era oriunda de Wît, que é o mesmo que dizer: "castigo dado em tribunal".

Guetim remonta à antiguidade. Já era conhecida no tempo do Governo do Conde D. Henrique, desde a reconquista Asturo-Leoneza.

Geijim é referido em 1025 e 1082, in uilla eccliosiole, num documento do rei D. Dinis.

O topónimo oferece ainda as seguintes grafias ao longo dos séculos: Getym, Gitim, Gitji, Quetini e Quetin.

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Guetim (1864 – 2011) [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
383 472 619 613 723 693 829 923 998 1.097 1.201 1.347 1.542 1.532 1.403

Nos anos de 1864 a 1920 fazia parte do concelho de Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, sendo transferida para o de Espinho, distrito de Aveiro, pelo decreto nº 12.457, de 11/10/1926.

PatrimónioEditar

  • Parque da Gruta da Lomba
  • Cruzeiro
  • Germano

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 12 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  3. [Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes ]
  Este artigo sobre Freguesias, integrado no Projecto Grande Porto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.