Guezô[2] ou Guézo (em fom: Ghezo) foi o nono rei do Daomé — atual Benim, África — considerado um dos maiores dos doze reis históricos.[3][1]

Guezô
Arroçu do Daomé
Reinado 18181858 [1]
Antecessor(a) Adanuzam
Sucessor(a) Glelê
 
Pai Agonglô
Mãe Nã Agontimé

BiografiaEditar

Gapê (Gakpe)[3] — seu nome antes de tornar-se rei — ascendeu ao trono depois que um golpe de estado — apoiado pelo brasileiro Francisco Félix de Sousa — derrubou seu meio-irmão, Adanuzam,[4][5][6] passando a governar o Daomé de 1818 a 1858.[1] Ficou conhecido por ser contra o fim do comércio transatlântico de escravos. Segundo ele, a venda de escravos era a maior fonte de riqueza do seu povo.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c Dahomey Encyclopædia Britannica
  2. Curado 1888, p. 21.
  3. a b c «Kingdom of Dahomey - New World Encyclopedia». www.newworldencyclopedia.org (em inglês). Consultado em 2 de janeiro de 2019 
  4. «Francisco Félix de Sousa» 
  5. «Francisco Félix de Sousa (Chachá)». InfoEscola. Consultado em 2 de janeiro de 2019 
  6. LLC, Revolvy. «"Francisco Félix de Sousa" on Revolvy.com». www.revolvy.com (em inglês). Consultado em 2 de janeiro de 2019 

BibliografiaEditar

  • Curado, A. D. Cortez da Silva. Dahomé: esbôço, geographico, historico, ethnographico e politico. Lisboa: Tipografia do Comércio de Portugal