Guilherme Fiori Kachel

jogador de voleibol brasileiro
Guilherme Kachel Volleyball (indoor) pictogram.svg
Informações pessoais
Nome completo Guilherme Fiori Kachel
Apelido Kachel
Modalidade Voleibol
Nascimento 20 de maio de 1991 (29 anos)
Curitiba,  Paraná
Nacionalidade  Brasil
Compleição Peso: 72Kg Altura: 1,90m
Posição Líbero
Clube Brasil Vôlei UM Itapetininga
Medalhas
Campeonato Mundial Sub-23
Ouro Uberlândia 2013 Equipe
Campeonato Sul-Americano Juvenil
Ouro Santiago 2010 Equipe
Campeonato Sul-Americano Infanto-juvenil
Prata Poços de Caldas 2008 Equipe

Guilherme Fiori Kachel (Curitiba, 20 de maio de 1991) é voleibolista indoor brasileiro, atuante na posição de Líbero, representou a Seleção Brasileira na conquista no Brasil da medalha de prata no Campeonato Sul-Americano Infanto-Juvenil de 2008, disputou na Itália a edição do Campeonato Mundial Infanto-juvenil de 2009. Ainda pela seleção de base conquistou a medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano Juvenil de 2010 no Chile e foi campeão e no Campeonato Mundial Juvenil de 2011 , e conquistou a medalha de ouro no Campeonato Mundial Sub-23 de 2013 no Brasil.

CarreiraEditar

Guilherme iniciou sua trajetória no vôlei em 2003 pelo Círculo Militar do Paraná[1], defendendo-o nas temporadas 2003-04, 2004-05 e 2005-06, na temporada 2006-07 além deste defendeu o Paraná Clube/Expoente [1] em 2006 conquistou os títulos do Campeonato Paranaense, da Taça do Paraná e do Regional da Federação Paranaense[2].

Em 2007 defendeu o Colégio Positivo/PR conquistou o bicampeonato no Regional da Federação Paranaense. Serviu a Seleção Paranaense na temporada 2007-08. E no ano seguinte foi bicampeão do Campeonato Paranaense e da Taça do Paraná, além do tricampeonato do Regional da Federação Paranaense[2][3].

Convocado para Seleção Brasileira em 2008, a representou no Campeonato Sul-Americano Infanto-juvenil, o mesmo realizado em Poços de Caldas-Minas Gerais, ocasião que conquistou a medalha de prata, perdendo a final para seleção argentina, interrompendo a hegemonia continental do Brasil na categoria. Na temporada 2008-09 voltou a jogar pelo Círculo Militar do Paraná e conquistou o título do Campeonato Brasileiro de Seleções de 2008 pela Seleção Paranaense , divisão especial da categoria infanto-juvenil, realizado em Patos de Minas-Minas Gerais[4].

Por duas vezes foi eleito o Melhor Líbero da Taça Paraná ,nos anos de 2006 e 2008, nestes mesmos anos também foi eleito pela Federação Paranaense o Melhor Líbero e atuando pelo Círculo Militar do Paraná na jornada 2008-09 disputou o Torneio Internacional de Clubes no Chile, sagrando-se campeão da edição e eleito o Melhor Líbero da edição e disputou nesta temporada também a Copa Minas e foi eleito o atleta com a Melhor Recepção.Em 2009 representou a Seleção Paranaense, desta vez na categoria juvenil, disputou o Campeonato Brasileiro de Seleções e terminou em quinto lugar, este realizado em Belo Horizonte-Minas Gerais[5].Ainda em 2009 voltou a vestir a camisa da Seleção Brasileira, na categoria infanto-juvenil, quando disputou o Campeonato Mundial disputado nas cidades italianas de Jesolo e Bassano del Grappa[6] e vestindo a camisa#19, encerrou na competição em nono lugar[7].

Na temporada 2009-10 passou a atuar pelo Ulbra/São Caetano [1] no qual disputou o Campeonato Paulista na categoria infanto-juvenil, sendo semifinalista e alcançando a quarta colocação final.Na categoria juvenil representou a Seleção Brasileira em 2010 na edição do Campeonato Sul-Americano em Santiago-Chile [8], em tal ocasião conquistou o título do campeonato de forma invicta[1].

Foi contratado pelo Sada Cruzeiro[1] e o defendeu na temporada 2010-11, conquistando o ouro no Campeonato Mineiro de 2010 e no mesmo ano do Torneio Internacional de UC Irvine nos Estados Unidos e o vice-campeonato da Superliga Brasileira A referente a esta jornada esportiva[9].

Guilherme foi convocado para o Mundial Juvenil de 2011 , sediado nas cidades brasileiras de: Rio de Janeiro e Niterói, nesta participação vestiu a camisa#10[10] e terminou na quinta posição[11] e destacou-se na edição como segundo Melhor Líbero[12] e foi o décimo primeiro Melhor Defensor[13].

Renovou contrato com o Sada/Cruzeiro para temporada 2011-12, foi bicampeão mineiro em 2011 e neste mesmo ano foi bicampeão do Torneio Internacional de UC Irvine[14] e campeão da Superliga Brasileira A 2011-12[1] e na temporada seguinte conquistou o tricampeonato mineiro em 2012 e o vice-campeonato da Superliga Brasileira A 2012-13[14].

Em 2013 sagrou-se tetracampeão mineiro e foi convocado para Seleção Brasileira Sub-23 em preparação da Copa Pan-Americana na Cidade do México e também para primeira edição do Campeonato Mundial Sub-23[15] e disputou o referido Campeonato Mundial que foi sediado em Uberlândia-Brasil conquistando a medalha de ouro e foi eleito o Melhor Líbero de toda competição[3].Em 2014 conquistou o título da Copa Brasil em Maringá-Paraná [14], qualificando seu clube para o Campeonato Sul-Americano de Clubes no mesmo ano[16] e chegou a final da Superliga Brasileira A 2013-14[17], finalizando com o título da competição[18].

ClubesEditar

Clube País De Até
Círculo Militar/Dom Bosco   Brasil 2003 2007
Paraná/Expoente   Brasil 2006 2007
Colégio Positivo   Brasil 2007 2008
Círculo Militar/Dom Bosco   Brasil 2008 2009
Ulbra/São Caetano   Brasil 2009 2010
Sada Cruzeiro   Brasil 2010 2015
Montes Claros   Brasil 2015 2016

[1][2][3][9][17]

Títulos e ResultadosEditar

Premiações IndividuaisEditar

Referências

  1. a b c d e f g Vôlei na Rede (14 de outubro de 2010). «Líbero Kachel e 7mais7 Sports sorteiam uma camisa oficial da seleção de vôlei». Consultado em 25 de abril de 2014 
  2. a b c d Jandrey Vicentin (28 de julho de 2011). «Paranaenses Lucas Loh e Guilherme Kachel vão disputar o Mundial pelo Brasil». Consultado em 25 de abril de 2014. Arquivado do original em 29 de abril de 2014 
  3. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u 7mais7Sports. «Perfil Kachel -Guilherme Fiori Kachel». Consultado em 25 de abril de 2014 
  4. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Campeonato Brasileiro de Seleções-Infanto-Juvenil Masculino - Divisão Especial :: 7/5 - 11/5». Consultado em 25 de abril de 2014. Arquivado do original em 14 de abril de 2015 
  5. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Campeonato Brasileiro de Seleções- Juvenil Masculino - 1ª Divisão :: 31/8 - 5/9». Consultado em 25 de abril de 2014. Arquivado do original em 14 de abril de 2015 
  6. FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «2009 Boys' Youth World Championship- Jesolo - Bassano del Grappa, Italy -BRA / Brazil - Team Composition» (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2014 
  7. a b FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «2009 Boys' Youth World Championship- Jesolo - Bassano del Grappa, Italy - Final Standing» (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2014 
  8. CSV-Confederação Sul-Americana de voleibol (14 de setembro de 2010). «Campeonato Sudamericano Masculino Juvenil: Brasil asegura 2ª victoria sobre Colombia en amistoso preparatorio para el Sudamericano» (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2014 
  9. a b c d e Sada Cruzeiro Vôlei. «Equipe-Guilherme Fiori Kachel». Consultado em 25 de abril de 2014 
  10. FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «FIVB Volleyball Men's Junior World Championship –Brazil 2011- Team Composition» (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2014 
  11. a b FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «FIVB Volleyball Men's Junior World Championship –Brazil 2011- FINAL STANDING» (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2014 
  12. a b FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «FIVB Volleyball Men's Junior World Championship –Brazil 2011- Best Liberos» (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2014 
  13. FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «FIVB Volleyball Men's Junior World Championship –Brazil 2011- Best Diggers» (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2014 
  14. a b c d e f g h i Sada Cruzeiro Vôlei. «Perfil Kachel». Consultado em 25 de abril de 2014 
  15. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (1 de agosto de 2013). «SELEÇÃO MASCULINA: Sai a primeira convocação para Copa Pan-Americana e Mundial Sub-23». Consultado em 25 de abril de 2014 
  16. a b Sada Cruzeiro Vôlei (25 de janeiro de 2014). «Sada Cruzeiro vence Sesi-SP e é campeão da Copa Brasil». Consultado em 25 de abril de 2014 
  17. a b VôleiBrasil. «Superliga 2013/2014- Equipes – Masculino-Sada Cruzeiro». Consultado em 25 de abril de 2014. Arquivado do original em 24 de outubro de 2013 
  18. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga 2013/2014-Playoffs». Consultado em 23 de abril de 2014. Arquivado do original em 22 de julho de 2014 

Ligações ExternasEditar