Abrir menu principal

Guilhermina da Prússia, Rainha dos Países Baixos

Guilhermina
Guilhermina c. década 1790
Rainha Consorte dos Países Baixos e
Grã-Duquesa Consorte de Luxemburgo
Reinado 15 de março de 1815
a 12 de outubro de 1837
Predecessora Hortênsia de Beauharnais
Sucessora Ana Pavlovna da Rússia
Princesa consorte de Orange
Reinado 9 de abril de 1806
a 16 de março de 1815
Predecessora Guilhermina da Prússia
Sucessora Ana Pavlovna da Rússia
 
Marido Guilherme I dos Países Baixos
Descendência Guilherme II dos Países Baixos
Frederico dos Países Baixos
Paulina de Orange Nassau
Mariana dos Países Baixos
Casa Hohenzollern (por nascimento)
Orange-Nassau (por casamento)
Nome completo
Frederica Luísa Guilhermina
Nascimento 18 de novembro de 1774
  Potsdam, Prússia
Morte 12 de outubro de 1837 (62 anos)
  Haia, Países Baixos
Enterro Nieuwe Kerk, Delft, Países Baixos
Pai Frederico Guilherme II da Prússia
Mãe Frederica Luísa de Hesse-Darmstadt
Religião Calvinismo

Frederica Luísa Guilhermina da Prússia (Potsdam, 18 de novembro de 1774Haia, 12 de outubro de 1837) foi a esposa do rei Guilherme I e Rainha Consorte do Reino Unido dos Países Baixos e Grã-Duquesa Consorte de Luxemburgo de 1815 até sua morte. Era filha do rei Frederico Guilherme II da Prússia com sua segunda esposa Frederica Luísa de Hesse-Darmstadt.

FamíliaEditar

Os seus pais eram Frederico Guilherme II da Prússia e Frederica Luísa de Hesse-Darmstadt. Seus avós paternos eram o príncipe Augusto Guilherme da Prússia e a duquesa Luísa de Brunsvique-Volfembutel. Seus avós maternos eram o conde Luís IX, Conde de Hesse-Darmstadt e a condessa Carolina do Palatinado-Zweibrücken.

Guilhermina, sendo a quarta criança nascida dos pais, teve sete irmãos, dos quais um nasceu morto. Eram eles: a princesa Frederica Carlota da Prússia, duquesa consorte de York e Albany, o rei Frederico Guilherme III da Prússia, a princesa Cristina, o princípe Luís Carlos da Prússia, a princesa Augusta da Prússia, eleitora consorte de Hesse-Cassel, o princípe Henrique da Prússia e o princípe Guilherme da Prússia.

BiografiaEditar

 
Retrato de 1833 por Jean-Baptiste Van der Hulst.

A princesa se casou com o futuro rei Guilherme, em Berlim, no dia 1 de outubro de 1791. Ele era filho de Guilherme V, Príncipe de Orange e de Guilhermina da Prússia. O casamento ocorreu como parte de uma aliança entre as casas de Hohenzollern e de Orange-Nassau, mas apesar disso a união foi feliz. A residência do casal era o Palácio Noordeinde, em Haia.

Com a invasão dos franceses em 1795, a família foi obrigada a se exilar, primeiramente na Inglaterra, e a partir de 1796, em Berlim. Em 1806, ela se mudou para a Polônia, apenas retornando a Haia em 1814.

Guilhermina se tornou rainha dos Países Baixos em 16 de março de 1815, quando da ascensão do marido. Ela era modesta, não sendo uma rainha ativa politicamente. A rainha era uma estudante de artes, e apoiava artistas.

MorteEditar

Guilhermina morreu em 12 de outubro de 1837, no Palácio Noordeinde, e foi enterrada em Nieuwe Kerk em Delft, assim como o marido, que morreu em 1843.

Após sua morte, o rei Guilherme se casou morganaticamente com Henriqueta d'Oultremont, que tinha sido dama de companhia da rainha Guilhermina, porém não teve mais filhos.

FilhosEditar

O casal teve seis filhos:

  1. Guilherme II dos Países Baixos (6 de dezembro de 1792 - 17 de março de 1849), sucessor do pai como rei, foi marido de Ana Pavlovna da Rússia, com descendência;
  2. Filho natimorto (18 de agosto de 1895);
  3. Frederico dos Países Baixos 28 de fevereiro de 1797 – 8 de setembro de 1881), príncipe de Orange-Nassau, marido de Luísa da Prússia, com descendência;
  4. Paulina de Orange-Nassau (1 de março de 1800 - 22 de dezembro de 1806);
  5. Filho natimorto (30 de agosto de 1806);
  6. Mariana dos Países Baixos (9 de maio de 1810 - 29 de maio de 1883), princesa da Prússia como esposa de Alberto da Prússia, com descendência.

GenealogiaEditar