Guillaume Cornelis van Beverloo

Guillaume Cornelis van Beverloo (3 de julho de 1922 - 5 de setembro de 2010), mais conhecido por seu pseudônimo Corneille, foi um pintor e artista plástico holandês. Ele nasceu na cidade de Liège, na Bélgica, filho de pais holandeses e mudou-se para à Holanda com os pais aos doze anos de idade, tendo estudado e iniciado sua carreira em Amsterdam.[1] No final dos anos 40 foi um dos fundadores do grupo COBRA, um movimento artístico da vanguarda europeia.[1]

Guillaume Cornelis van Beverloo
Nascimento 3 de julho de 1922
Liège
Morte 5 de setembro de 2010 (88 anos)
Auvers-sur-Oise
Cidadania Reino dos Países Baixos
Alma mater
  • Academia Real de Arte
Ocupação pintor, gravador, escultor, ceramista, poeta, desenhista, fotógrafo, artista gráfico
Prêmios
  • Comandante da Ordem do Leão dos Países Baixos
Movimento estético COBRA

Após a dissolução do movimento, mudou-se para Paris, onde residiu até o fim de sua vida. Passou a colecionar obras de arte africana, influenciando muitos de seus trabalhos. Sua obra pode ser vista no Centro Georges Pompidou, em Paris.[1]

Referências