Gulnara Lobato de Morais

Gulnara Lobato de Morais
Nome completo Gulnara Lobato de Morais Pereira
Nacionalidade brasileira
Progenitores Mãe: Ester de Morais
Pai: Heitor de Morais
Parentesco sobrinha e nora de Monteiro Lobato
Cônjuge Edgar Monteiro Lobato
Antônio Olavo Pereira
Filho(s) Rodrigo Monteiro Lobato
Ocupação escritora
tradutora

Gulnara Monteiro Lobato de Morais Pereira([onde?],[quando?] — 27 de agosto de 1986) foi uma escritora e tradutora brasileira, sobrinha e nora de Monteiro Lobato. Após seu casamento com o escritor Antônio Olavo Pereira, passando a assinar Gulnara Monteiro Lobato de Morais Pereira.[1]

BiografiaEditar

Gulnara, era sobrinha de Monteiro Lobato, filha de sua irmã, Esther (Teka) Monteiro Lobato de Morais e do poeta Heitor de Morais, e se tornou também sua nora ao casar com seu filho, Edgard Monteiro Lobato (1910-1943), que faleceu de tuberculose[2] aos 32 anos, na cidade de Tremembé. Gulnara e Edgard tiveram o filho Rodrigo, nascido em 16 de julho de 1938, herdeiro do nome Monteiro Lobato[3][4][5], casado com Marlene Pacca Lintz.

Gulnara, casou posteriormente com o escritor e editor Antônio Olavo Pereira[6] (1913-1993), irmão de José Olympio Pereira, e com ele viveu durante mais de quarenta anos[7] e tiveram o filho, Antônio Olavo Pereira Júnior.

Gulnara, neta paterna de Maria Augusta de Campos Barreto Moraes, falecida em 03 de novembro de 1930 e Joaquim Militão de Moraes, falecido em 04 de fevereiro de 1936;

Neta materna de: José Bento Marcondes Lobato, Olympia Augusta Lobato;

Bisneta paterna de: Gertrudes Leopoldina de Moraes Barreto e Joaquim da Silva Campos Barreto, descendentes de Barreto Leme, fundador de Campinas;

ObrasEditar

  • O Menino Juca, biografia de Monteiro Lobato. Rio de Janeiro: Berlendis & Vertecchia, 1982.

TraduçõesEditar

Notas e referênciasEditar

  1. Skoob - Antônio Olavo Pereira
  2. O Estado de S. Paulo
  3. LIBARDI, Margareth. Profissão Modelo – em busca da fama. SENAC, 2004
  4. Os dois filhos homens de Lobato faleceram cedo – Guilherme (1912- 1938) faleceu em 10 de janeiro de 1938 e Edgar em 1943; a filha Ruth (1916-1972) faleceu em dezembro de 1972, sem filhos. Lobato teve 4 filhos, mas apenas dois netos, Rodrigo e Joyce. Joyce Campos Kornbluh (que não recebeu o nome Lobato), é filha de Martha Campos (1909-1995), primeira filha de Monteiro Lobato. Casada com o engenheiro Jorge Kornbluh, Joyce tem uma única filha e dois netos.
  5. Globo.com
  6. Universidade de Taubaté
  7. Verdes Trigos
  8. Biblioteca Nacional de Portugal