Abrir menu principal
Gustav Ludwig Hertz Medalha Nobel
Gustav Ludwig Hertz em 1925
Experimento de Franck-Hertz
Nascimento 22 de julho de 1887
Hamburgo
Morte 30 de outubro de 1975 (88 anos)
Berlim
Sepultamento Cemitério de Ohlsdorf
Nacionalidade Alemão
Cidadania Alemanha Oriental, União Soviética
Filho(s) Carl Hellmuth Hertz
Alma mater Universidade Humboldt de Berlim
Ocupação físico, professor universitário
Prêmios Medalha do prêmio Nobel Nobel de Física (1925), Medalha Max Planck (1951), Medalha Helmholtz (1959)
Empregador Universidade Técnica de Berlim, Universidade de Halle-Wittenberg, Universidade Humboldt de Berlim, Universidade de Leipzig
Orientador(es) Heinrich Rubens, Max Planck[1]
Instituições Universidade de Halle-Wittenberg
Campo(s) Física
Tese 1911: Über das ultrarote Absorptionsspektrum der Kohlensäure in seiner Abhängigkeit von Druck und Partialdruck

Gustav Ludwig Hertz (Hamburgo, 22 de julho de 1887Berlim, 30 de outubro de 1975) foi um físico alemão.

Como físico desenvolveu a teoria das funções, foi laureado com o Nobel de Física de 1925, juntamente com James Franck.

Hertz nasceu em Hamburgo, filho de Auguste (nascida Arning) e do advogado Gustav Theodor Hertz (1858-1904),[2] o irmão de Heinrich Rudolf Hertz. Ele estudou na Universidade Georg-August de Göttingen (1906-1907), a Universidade Ludwig Maximilians de Munique (1907-1908), e da Universidade Humboldt de Berlim (1908-1911). Ele recebeu seu doutorado em 1911, sob Heinrich Rubens.[3][4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Gustav Ludwig Hertz (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  2. «Biography». Fundação Nobel (em inglês). NobelPrize.org. Consultado em 5 de fevereiro de 2013 
  3. Gustav Hertz Über das ultrarote Adsorptionsspektrum der Kohlensäure in seiner Abhängigkeit von Druck und Partialdruck. (Dissertation). (Vieweg Braunschweig, 1911)
  4. Mehra and Rechenberg, 2001, 197.

Ligações externasEditar