Gustavo Endres

Gustavo Endres (Passo Fundo, 23 de agosto de 1975) é um ex-jogador de vôlei brasileiro que atuava como Central.

Gustavo
Informações pessoais
Nome completo Gustavo Endres
Modalidade Voleibol
Nascimento 23 de agosto de 1975 (47 anos)
Passo Fundo,  Rio Grande do Sul
Nacionalidade  Brasil
Compleição Peso: 100 kg • Altura: 2,03 m
Posição Central
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Atenas 2004 Equipe
Prata Pequim 2008 Equipe
Copa do Mundo de Voleibol
Ouro Japão 2003 Equipe
Ouro Japão 2007 Equipe
Campeonato Mundial de Voleibol
Ouro Buenos Aires 2002 Equipe
Ouro Tóquio 2006 Equipe
Jogos Pan-Americanos
Ouro Rio de Janeiro 2007 Equipe
Ouro Guadalajara 2011 Equipe
Prata Winnipeg 1999 Equipe
Bronze Santo Domingo 2003 Equipe
Liga Mundial de Voleibol
Ouro Katowice 2001 Equipe
Ouro Madrid 2003 Equipe
Ouro Roma 2004 Equipe
Ouro Belgrado 2005 Equipe
Ouro Moscou 2006 Equipe
Ouro Katowice 2007 Equipe
Prata Belo Horizonte 2002 Equipe
Bronze Mar del Plata 1999 Equipe
Bronze Roterdã 2000 Equipe
Copa dos Campeões de Voleibol
Ouro Japão 2005 Equipe

BiografiaEditar

Nascido na cidade de Passo Fundo no Rio Grande do Sul, ele é filho de Arnildo Endres e Jane Endres; e ele tem descendência de alemães.

Ele é casado com Raquel Glufke Hoffmann Endres. Com quem tem dois filhos juntos: o Eric Endres (nascido em 03 de março de 2000), e que desde 2019 joga pelo SESI-SP; e o caçula Enzo Endres.

Gustavo e é irmão do jogador de vôlei Murilo Endres, tendo os dois jogado juntos na Seleção Brasileira de Voleibol Masculino em algumas ocasiões. As suas principais características em quadra são o excelente bloqueio (foi considerado o melhor bloqueador do mundo), a garra, e o potente saque, foi considerado também o melhor sacador da Seleção de Vôlei Masculina e de vários torneios que disputou.

Através de seu irmão Murilo, a sua cunhada, é a jogadora de vôlei Jaqueline Carvalho da Seleção Brasileira de Voleibol Feminino.

Carreira no vôleiEditar

Gustavo começou jogando vôlei na rua e na escola na cidade de Passo Fundo no Rio Grande do Sul, passou pela peneira do Esporte Clube Banespa em 1993, foi convocado para a seleção juvenil em 1994, onde jogou até 1995.

Em 1997, foi convocado para a Seleção Brasileira de Voleibol Masculino principal pela primeira vez.

Em 1999, ganhou medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de 1999 no Canadá.

Em 2001, foi para a Itália para o time de Ferrara, onde atuou 2 anos, em 2003 foi para o Latina por um ano. Ainda em 2003, jogou e ganhou a medalha de bronze (terceiro lugar) nos Jogos Pan-Americanos de 2003, ocorrido na República Dominicana.

Desde a temporada de 2004 joga na equipe italiana do Sisley Treviso. Em 2004, Gustavo fez parte do time que ganhou a medalha de ouro durante os Jogos Olímpicos de Verão de Atenas em 2004 na Grécia.

Em 2007, ganhou medalha de ouro durante o Voleibol nos Jogos Pan-Americanos de 2007, realizado na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil.

Em 2008, ao lado do irmão Murilo Endres, fez parte do time que ganhou a medalha de prata durante os Jogos Olímpicos de Verão de 2008 na cidade de Pequim.

Em 2009 voltou para Brasil, depois de 5 anos no referido clube italiano, para atuar no Pinheiros/Sky em 2009/2010 e 2010/2011.

Em 2011, ganhou medalha de ouro no Jogos Pan-Americanos de 2011, realizado em Guadalajara no México.

Em 2011/2012, migrou para a Cimed/Sky e posteriormente jogou na equipe do Móveis Kappesberg/Canoas.

Saída do vôleiEditar

Em 2015, anunciou oficialmente a sua aposentadoria das quadras de vôlei.[1]

Desde então, Gustavo dedica-se a projetos sociais voltados para o voleibol, principalmente na cidade litorânea de Canoas e em outras regiões próximas do Rio Grande do Sul.

Em meados de 2018, passou a usar os seus conhecimentos de vôlei e quadra, para ajudar no treinamento físico e técnico do seu filho primogênito (Eric Endres), que estava prestes a participar de uma peneira para integrar pela primeira vez um time profissional de vôlei da cidade de São Paulo. Na temporada de 2019/2020, Eric joga pelo SESI-SP e acabou jogando pela Superliga Brasileira de Voleibol Masculino de 2019–20 - Série A.

ConquistasEditar

Com a seleção juvenil:

  • Campeão Sul-Americano em 1994
  • Vice campeão no Campeonato Mundial de 1995

Conquistas com a Seleção Brasileira de Voleibol Masculino adulta:

  • Campeão Sul-Americano (1997,1999, 2001, 2003 e 2005)
  • Campeão da Copa dos Campeões (1997 e 2005)
  • Campeão da Copa América (1998,1999 e 2001)
  • Medalhista de bronze na Liga Mundial (1999 e 2000)
  • Campeão da Liga Mundial (2001,2003,2004,2005,2006 e 2007)
  • Campeão do Campeonato Mundial (2002 e 2006)
  • Medalhista de prata na Liga Mundial de 2002
  • Medalhista de ouro nas Olimpíadas de Atenas em 2004
  • Medalhista de prata nas Olimpíadas de Pequim em 2008
  • Medalhista de ouro no Jogos Pan-Americanos de 2011 (2011)

Conquistas pelo Móveis Kappesberg/Canoas Vôlei:

  • Campeão Gaúcho de vôlei 2012
  • 6º Lugar na Superliga 2012/2013

Conquistas na Itália:

  • Campeão Italiano 2005 e 2007 pelo Sisley Treviso.
  • Campeão da Copa Itália 2005 e 2007 pelo Sisley Treviso.
  • Campeão Europeu 2006 pelo Sisley Treviso.
  • Campeão da Supercopa Italiana 2005 e 2007 pelo Sisley Treviso.

Títulos individuais com a seleção brasileira:

  • Melhor Bloqueio do Mundial de 1998
  • Melhor Bloqueio da Liga Mundial nos anos de 2001 e 2007
  • Melhor Bloqueio das Olimpíadas em Pequim em 2008

Títulos individuais com os clubes:

  • Melhor saque do Campeonato Italiano em 2002
  • Melhor Bloqueio do Campeonato Italiano em 2005 e 2008
  • Melhor Central do Campeonato Italiano em 2006

Referências

  1. Os atletas que se aposentaram em 2015 - Gustavo Endres Portal BOL (edittado em 14/12/2015)