Anambé-pombo

(Redirecionado de Gymnoderus)
Como ler uma infocaixa de taxonomiaAnambé-pombo
Gymnoderus foetidus em desenho de 1901 de John Gerrard Keulemans
Gymnoderus foetidus em desenho de 1901 de John Gerrard Keulemans
Anambé-pombo em Apiacás, Estado de Mato Grosso, Brasil
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Cotingidae
Género: Gymnoderus
Espécie: G. foetidus
Nome binomial
Gymnoderus foetidus
(Linnaeus, 1758)

O anambé-pombo (Gymnoderus foetidus (L.)), também conhecido pelos nomes de anambé-açu, anambé-grande, anambé-pitiú e pombo-anambé[1], é um anambé da Amazônia que vive em grupos no interior da mata. A espécie possui cerca de 36 cm de comprimento, com plumagem rica, dorso negro, lados do pescoço nus e azuis e longas asas cinzento-esbranquiçadas; a fêmea é menor, mais delgada e com coloração de ardósia.

EtimologiaEditar

"Anambé" vem do tupi anã'bé[1]. "Açu" é derivado do tupi wa'su, "grande"[2]. Tanto o termo latino foetidus quando o termo de origem tupi "pitiú" têm o mesmo sentido: cheiro ruim[3][4].

Referências

  1. a b FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.114
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.40
  3. http://translate.google.com.br/
  4. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 341

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre aves passeriformes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.