Abrir menu principal
Hélio Manhães
Vereador Cachoeiro de Itapemirim Cachoeiro de Itapemirim
Período 1959-1963
Deputado estadual  Espírito Santo
Período 1963-1967
1975-1977
Prefeito Cachoeiro de Itapemirim Cachoeiro de Itapemirim
Período Eleito em 1966, foi cassado
Prefeito Cachoeiro de Itapemirim Cachoeiro de Itapemirim
Período 1971-1973
Antecessor Nello Borelli
Sucessor Theodorico Ferraço
Prefeito Cachoeiro de Itapemirim Cachoeiro de Itapemirim
Período 1977-1978
Antecessor Theodorico Ferraço
Sucessor Gilson Carone
Deputado federal  Espírito Santo
Período 1983-1991
Dados pessoais
Nascimento 25 de dezembro de 1934
Cariacica, ES
Morte 26 de maio de 2006 (71 anos)
Alma mater Universidade Federal do Espírito Santo
Cônjuge Helenice Manhães
Partido PSP, MDB, PMDB, PDT
Profissão advogado

Hélio Carlos Manhães (Cariacica, 25 de dezembro de 1934) é um advogado e político brasileiro que foi prefeito de Cachoeiro do Itapemirim por duas vezes.

BiografiaEditar

Filho de Manoel Manhães e Maria Conceição Santos Manhães. Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo foi causídico do Sindicato dos Ferroviários de Leopoldina estabelecendo morada em Cachoeiro de Itapemirim elegendo-se vereador na cidade em 1958 pelo PSP e em 1962 foi eleito deputado estadual. Após a decretação do bipartidarismo pelo Regime Militar de 1964 optou pelo MDB e foi eleito prefeito de Cachoeiro de Itapemirim em 1970 e eleito para o segundo mandato de deputado estadual em 1974. Novamente prefeito de Cachoeiro de Itapemirim em 1976, renunciou ao cargo para disputar a eleição para o Senado em 1978,[1] mas foi derrotado por Moacir Dalla, candidato da ARENA. Em 1980 ingressou no PMDB onde permaneceu por dez anos e foi eleito deputado federal em 1982[2] e reeleito em 1986[3] migrando para o PDT no úlimo ano de mandato.

Notas e referências

  1. Teve como companheiros de chapa o professor Berredo de Menezes e o deputado estadual Raul Gilbert.
  2. Segundo o Almanaque Abril 1986 (p. 91) foi eleito com 68.187 votos.
  3. De acordo com o banco de dados do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) obteve 41.723 votos.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.