Hōhokekyo Tonari no Yamada-kun

filme de 1999 dirigido por Isao Takahata

Hōhokekyo Tonari no Yamada-kun (ホーホケキョとなりの山田くん? A Família Yamada (título em Portugal) ou Meus Vizinhos, Os Yamadas (título no Brasil)) é um filme japonês de animação escrito e dirigido por Isao Takahata e produzido pelo Studio Ghibli.[1] O filme estrelou Hayato Isobata, Masako Araki, Naomi Uno, Touru Masuoka, Yukiji Asaoka, Akiko Yano, e Kosanji Yanagiya. Tal como os outros filmes do Studio Ghibli, o filme apresenta tiras estilizadas de quadrinhos, de estilo tradicional de anime e outras obras do estúdio.

Hōhokekyo Tonari no Yamada-kun
ホーホケキョとなりの山田くん
A Família Yamada (PRT)
Meus Vizinhos, Os Yamadas (BRA)
 Japão
1999 •  cor •  104 min 
Direção Isao Takahata
Produção Takashi Shoji
Seiichiro Ujiie
Roteiro Isao Takahata
Baseado em Nono-chan, de Hisaichi Ishii
Elenco Hayato Isobata
Masako Araki
Naomi Uno
Touru Masuoka
Gênero comédia
Música Akiko Yano
Cinematografia Atsushi Okui
Direção de arte Yoji Takeshige
Naoya Tanaka
Edição Takeshi Seyama
Companhia(s) produtora(s) Studio Ghibli
Distribuição Shochiku
Lançamento 17 de julho de 1999
Idioma japonês
Orçamento ¥ 2 bilhões
Receita ¥ 1,56 bilhões

EnredoEditar

O filme mostra o quotidiano da família Yamada, Takashi e Matsuko (o pai e a mãe), Shige (a mãe de Matsuko), Noboru (o filho de 13 anos), Nonoko (a filha de 5 anos), e Pochi (o cão da família).

Cada quadro curto é precedido por um título como "Pai como o Exemplo a ser Seguido", "Uma Família Acabada" ou "Supremacia Patriarcal Restaurada". Esses quadros curtos abordam várias questões, tais como a perda de uma criança em uma loja de departamento, as relações entre pai e filho, ou o marido e a mulher, a sabedoria da idade, ficando com a primeira namorada e muitos outros. Cada quadro é apresentado com humor, mostrando uma imagem muito credível da vida familiar que atravessa fronteiras culturais. As relações entre Matsuko, Takashi e Shige são particularmente bem observadas, com Shige dando conselhos e provérbios para todos os membros da família, e tem uma grande força de carácter, que supera de longe a de Matsuko. O relacionamento de Takashi e Matsuko, acontece muitas vezes nos episódios, suas rivalidades, como discutir com quem ficará o controle da televisão, suas frustrações, suas dificuldades, etc, mas o tema principal é o seu amor um pelo outro, apesar de suas falhas, tentam ser os melhores pais para seus filhos.[2][3]

ElencoEditar

  • Hayato Isobata como Noboru Yamada
  • Masako Araki como Shige Yamano
  • Naomi Uno como Nonoko Yamada
  • Touru Masuoka como Takashi Yamada
  • Yukiji Asaoka como Matsuko Yamada
  • Akiko Yano como Fujihara-Sensei
  • Kosanji Yanagiya como Narrador

ProduçãoEditar

Baseado no mangá yonkoma Nono-chan criado por Hisaichi Ishii, foi o primeiro filme digital do Studio Ghibli. Takahata queria a família Yamada-kun para ser o estilo de arte de fotos aguarela, em vez de imagens de células. Para isso acontecer, as técnicas tradicionais de pintura em célula foram substituídas com a tecnologia digital, tornando Yamada-kun o primeiro filme do estúdio Ghibli a ser pintado inteiramente em computador.

ReconhecimentosEditar

A Família Yamada recebeu o Prêmio de Excelência pela Animação, em 1999 no Japan Media Arts Festival.

Referências

  1. "Hôhokekyo Tonari No Yamadâkun". www.bcdb.com, 13 de maio de 2012 (em inglês)
  2. Plot synopsis. (em inglês)
  3. Meus Vizinhos: Os Yamadas Studio Ghibli Brasil (em português)

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hōhokekyo Tonari no Yamada-kun
  Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.