HMS Courageous (50)

HMS Courageous
HMS Courageous WWI.jpg
O Courageous em 1916 como cruzador de batalha
Carreira  Reino Unido
Operador Marinha Real Britânica
Fabricante Armstrong Whitworth, Newcastle
Custo £ 2 038 225
Data de encomenda 14 de março de 1915
Batimento de quilha 26 de março de 1915
Lançamento 5 de fevereiro de 1916
Comissionamento 23 de novembro de 1916
Indicativo visual 50
Número do casco 895
Estado Naufragado
Fatalidade Torpedeado no Oceano Atlântico
em 17 de setembro de 1939
Características gerais (como cruzador de batalha)
Tipo de navio Cruzador de batalha
Classe Courageous
Deslocamento 25 560 t
Maquinário 4 turbinas a vapor
18 caldeiras
Comprimento 239,8 m
Boca 24,7 m
Calado 7,9 m
Propulsão 4 hélices
- 90 000 cv (66 200 kW)
Velocidade 32 nós
Autonomia 6 000 milhas náuticas a 20 nós
(11 000 km a 37 km/h)
Armamento 4 canhões de 381 mm
18 canhões de 102 mm
2 canhões antiaéreos de 76 mm
2 tubos de torpedo de 533 mm
Blindagem Cinturão: 51 a 76 mm
Convés: 19 a 76 mm
Barbetas: 76 a 178 mm
Torres de artilharia: 178 a 229 mm
Torre de comando: 254 mm
Anteparas: 25 a 38 mm
Tripulação 842
Características gerais (como porta-aviões)
Tipo de navio Porta-aviões
Deslocamento 26 990 t
Boca 27,6 m
Calado 8,5 m
Velocidade 30 nós (56 km/h)
Autonomia 5 860 milhas náuticas a 16 nós
(10 850 km a 30 km/h)
Armamento 16 canhões antiaéreos de 120 mm
Blindagem Cinturão: 51 a 76 mm
Convés: 19 a 76 mm
Anteparas: 25 a 76 mm
Aeronaves 48
Tripulação 1 217

O HMS Courageous foi um navio de guerra operado pela Marinha Real Britânica e a primeira embarcação da Classe Courageous, sendo seguido pelo HMS Glorious e HMS Furious. Sua construção começou em março de 1915 nos estaleiros da Armstrong Whitworth em Newcastle originalmente como um cruzador de batalha, sendo lançado ao mar em fevereiro de 1916 e comissionado na frota britânica em novembro do mesmo ano. Ele passou a maior parte da Primeira Guerra Mundial patrulhando o Mar do Norte, também participando da Segunda Batalha da Angra da Heligolândia em novembro de 1917 e da rendição da Frota de Alto-Mar alemã em novembro de 1918.

Por ter sido construído com blindagem e armamentos considerados leves, o Courageous foi descomissionado depois da guerra e convertido em um porta-aviões na década de 1920. As obras terminaram em 1924 e depois disso ele passou a maior parte do período entreguerras operando perto da Grã-Bretanha e Irlanda. Ele brevemente foi transformado em navio de treinamento, porém voltou para o serviço ativo regular alguns meses antes do início da Segunda Guerra Mundial em 1939. O Courageous foi torpedeado pelo u-boot alemão U-29 no dia 17 de setembro ao sudoeste da Irlanda nas primeiras semanas do conflito, com mais de quinhentos tripulantes morrendo.

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.