Hamnet Shakespeare

Filho de William Shakespeare

Hamnet Shakespeare (Stratford-upon-Avon, 2 de fevereiro de 1585 — Stratford-upon-Avon, 11 de agosto de 1596, data do sepultamento) era o único filho homem de William Shakespeare e Anne Hathaway, irmão gêmeo de Judith Quiney.[1][2][3][4]

Hamnet Shakespeare
Nascimento 1585
Stratford-upon-Avon
Morte agosto de 1596 (10–11 anos)
Stratford-upon-Avon
Batizado 2 de fevereiro de 1585 (no calendário juliano)
Sepultamento Warwickshire
Cidadania Reino da Inglaterra
Progenitores
Irmão(s) Susanna Hall, Judith Quiney
Ocupação escritor
Causa da morte peste

Morreu aos 11 anos, as causas de sua morte são desconhecidas. Alguns estudiosos dizem que a morte de Hamnet levou seu pai a escrever Hamlet. No entanto, a maioria dos estudiosos desconsideram esse tipo de especulação, pois, apesar de à época os nomes Hamlet e Hamnet serem usados de forma intercambiável, é mais provável que Hamlet seja uma variante de Amleto ou Amleth, personagem de uma lenda escandinava similar à obra de Shakespeare. No entanto, há a ideia de que a dor pela perda do filho permeia a essência de Hamlet e que possa ter influenciado outras obras do “Bardo de Avon”.

Referências

  1. Chambers, Edmund Kerchever (1930). William Shakespeare: A Study of Facts and Problems. Oxford: Clarendon Press. pp. I. p.18. Uma filha chamada Susanna foi batizada em 26 de maio de 1583, seguida pelos gêmeos Hamnet e Judith, em 2 de fevereiro de 1585. Considerações sobre a identidade dos padrinhos é ociosa onde nomes comuns, como o próprio nome de Shakespeare, estão envolvidos. Mas os dos gêmeos, que são incomuns, indicam Hamnet ou Hamlet Sadler, um padeiro de Stratford, e sua esposa Judith. 
  2. Schoenbaum, Samuel (1977). William Shakespeare: A Compact Documentary Life. Oxford: Clarendon Press. 94 páginas. […] os gêmeos foram batizados […] em 2 de fevereiro de 1585. Richard Barton de Coventry […] oficiou[.] 
  3. Chambers, I. p.21. "[…] Hamnet foi sepultado em Stratford em 11 de agosto de 1596."
  4. Schoenbaum, p.224. "[…] o registro da paróquia foi assentado o enterro de […] Hamnet, aos onze anos e meio. Sua morte condenou a linhagem masculina dos Shakespeares à extinção."
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.