Abrir menu principal

Hans Reichardt

professor académico alemão

VidaEditar

Reichardt estudou matemática, fisica e filosofia a partir de 1926 na Universidade de Jena, Universidade de Königsberg, Universidade Humboldt de Berlim (a partir de 1928, especialmente com Issai Schur, onde foi seu aluno de teoria algébrica dos números), Universidade de Hamburgo (aluno de Erich Hecke e Emil Artin) e na Universidade de Marburgo. Obteve em 1932 um doutorado na Universidade de Marburgo, orientado por Helmut Hasse, com a tese Arithmetische Theorie der kubischen Körper als Radikalkörper.[1][2] Em 1933 afiliou-se ao Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (NSDAP).[3] Em 1934 cumpriu seu Lehramtsexamen, e foi assistente de Carl Ludwig Siegel na Universidade de Frankfurt e em 1935 de Friedrich Karl Schmidt na Universidade de Jena. Em 1937 foi para a Universidade de Leipzig trabalhar com Bartel Leendert van der Waerden, onde obteve a habilitação em 1939 (Über die diophantische Gleichung  )[4] e foi em 1940 docente. Durante a Segunda Guerra Mundial trabalhou a partir de 1943 na Telefunken em Berlin. Após a guerra esteve de 1946 a 1952 na União Soviética, onde trabalhou com problemas da tecnologia de foguetes na Ilha de Gorodomlya no lago Seliger. Retornou para a Alemanha em 1952, como professor da Universidade Humboldt de Berlim. Aposentou-se em 1973.

Em Berlim teve diversos alunos. Dentre seus orientados constam Helmut Boseck, Helmut Koch, Rolf Sulanke e Manfred Peschel. Foi desde 1962 membro correspondente e desde 1964 membro pleno da Academia de Ciências da Alemanha Oriental, e desde 1962 membro da Academia Leopoldina. Em 1961 e 1966 recebeu o Prêmio Nacional da República Democrática Alemã.

ObrasEditar

Referências

  1. Hans Reichardt (1933). Arithmetische Theorie der kubischen Körper als Radikalkörper. Mh. f. Math. u. Phys. 40. [S.l.: s.n.] pp. 323–350. doi:10.1007/BF01708874 
  2. Hans Reichardt (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  3. Harry Waibel: Diener vieler Herren : Ehemalige NS-Funktionäre in der SBZ/DDR. Lang, Frankfurt am Main 2011, ISBN 978-3-631-63542-1.
  4. Hans Reichardt: Über die diophantische Gleichung ax + bx^2y^2 + cy = ez^2, Math. Ann. 117, 1940, p. 235–276

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar