Haakon, o Vermelho

(Redirecionado de Haquino, o Vermelho)

Haakon I (c. 10401079), mais conhecido como Haakon o Vermelho, foi o Rei da Suécia de 1075 até sua morte em 1079. Era filho do rei Estenquilo e sua esposa. Há pouquíssimas informações sobre Haakon e a maior parte é contraditória e inconciliável, não existindo nada de certo sobre seu reinado.[1]

Haakon I
Rei da Suécia
Reinado 1075 a 1079
Antecessor(a) Anundo Gårdske
Sucessor(a) Ingo I
 
Casa Estenquilo
Nascimento c. 1040
Morte 1079 (39 anos)
Pai Estenquilo da Suécia
Mãe Ingamoder da Suécia

Teria ascendido ao poder real depois do rei Halstano, ter sido expulso em 1070 pelos Suíones (devido a se ter negado a realizar sacrifícios aos deuses nórdicos), e o seu sucessor Anund Gårdske ter sido destituído em 1075.[1][2] A Suécia nesse tempo se encontrava dividida entre religiões, havendo os suecos pagãos e os suecos cristãos. Na Gotalândia Ocidental o cristianismo estava implantado, mas na Sueônia o paganismo nórdico ainda era dominante, embora começasse a vacilar.

As fontes existentes, escassas e contraditórias, apontam a possibilidade de Haakon ter tido um ou vários corregentes - Anundo Gårdske, que haveria governado os suecos pagãos na primeira metade da década de 1070, e/ou Ingo, o Velho.[1][3][2]

Pouco se sabe da família de Haakon, apenas que era possivelmente um filho ilegítimo do rei Estenquilo, e que se casou com a viúva do rei Érico VIII.[1][2]

Na Pedra de Håkan (Håkanstenen), uma pedra rúnica na ilha de Adelsö, no Lago Malar, é mencionado o nome de um certo Hakon, associado a rei, sendo esta a primeira vez que a palavra rei (kunungi) está documentada na Suécia. Pode ser uma referência a Håkan, o Vermelho.[2]


Referências históricasEditar

Håkan está mencionado na Gesta Hammaburgensis Ecclesiae Pontificum (século XI), e na Lei da Gotalândia Ocidental (século XII)]].

Referências

  1. a b c d Ohlmarks, Åke (1995). «Håkan Röde». Fornnordiskt lexikon (em sueco). Estocolmo: Tiden. p. 164. 414 páginas. ISBN 91-550-4260-0 
  2. a b c d Lagerqvist, Lars; Nils Åberg (2004). «8. Håkan Röde». Litet lexikon över Sveriges regenter (Pequeno léxico dos regentes da Suécia) (em sueco). Boda kyrkby: Vincent. p. 11. 63 páginas. ISBN 91-87064-43-X 
  3. Orrling, Karin (1995). «Håkon den röde». Vikingatidens ABC (em sueco). Estocolmo: Museu Histórico de Estocolmo. p. 116. 184 páginas. ISBN 91-7192-984-3 

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

  • Martín, Antonio Pérez (1999). El derecho procesal del "ius commune" en España. [S.l.]: EDITUM. ISBN 8483710870 

Precedido por
Anundo Gårdske
Rei da Suécia
século XI
Sucedido por
Ingo, o Velho
  Este artigo sobre história ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.