Abrir menu principal
Haroldo Veloso
Deputado federal Pará Pará
Período 1967-1969
Dados pessoais
Nascimento 4 de julho de 1920
Rio de Janeiro, RJ
Morte 22 de outubro de 1969 (49 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Alma mater Escola Militar do Realengo
Cônjuge Maria de Lourdes Leal Veloso
Partido ARENA
Profissão militar

Haroldo Coimbra Veloso (Rio de Janeiro, 4 de julho de 1920Rio de Janeiro, 22 de outubro de 1969) foi um militar e político brasileiro.

BiografiaEditar

Filho de Paulo Veloso e Diva Coimbra Veloso. Aluno da Escola Militar do Realengo formou-se em Engenharia[1] ingressou na Força Aérea Brasileira como aspirante aviador em 1942. Partícipe da Revolta de Jacareacanga em 1956 e da Revolta de Aragarças em 1959 visando derrubar o governo Juscelino Kubitschek,[2] atuou também em favor do Regime Militar de 1964 e após ser reformado no posto de Brigadeiro ingressou na ARENA e foi eleito deputado federal pelo Pará em 1966.[3]

Em fins de 1968[4] protagonizou o último lance polêmico da carreira ao liderar uma marcha para reempossar Elias Pinto à prefeitura de Santarém que, cassado pela Câmara Municipal, foi reintegrado por decisão da Justiça. Durante a caminhada até a sede da prefeitura houve uma altercação com tropas da Polícia Militar do Pará, nesta manisfestação Haroldo Veloso foi agredido e alvejado pelos militares,[5][6] o que lhe valeu uma longa internação. Veio a falecer meses depois vítima de problemas cardíacos.[7]

Dá nome a uma rua no bairro do Canto do Forte, na cidade de Praia Grande, em São Paulo.[8]

Referências

  1. A página oficial da Câmara dos Deputados não informa onde a graduação foi obtida.
  2. A primeira foi deflagrada em 11 de fevereiro de 1956 e a segunda em 2 de dezembro de 1959.
  3. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral obteve 12.156 votos.
  4. Veja,25/09/1968.
  5. Veja,21/10/1968.
  6. Veja,11/11/1970.
  7. Como Epílogo de Campos fora cassado pelo Ato Institucional Número Cinco seu substituto foi Adriano Gonçalves.
  8. [1]

Ligações externasEditar