Heinrich Wilhelm Clemm

professor académico alemão

Heinrich Wilhelm Clemm (Hohenasperg, 13 de dezembro de 1725, 31 de dezembro de 1725 ou 31 de dezembro de 1726 – Tübingen, 27 ou 28 de julho de 1775) foi um teólogo e matemático alemão.[1]

Heinrich Wilhelm Clemm
Nascimento 13 de dezembro de 1725
Hohenasperg
Morte 27 de julho de 1775 (49 anos)
Tubinga
Cidadania Alemanha
Ocupação matemático, teólogo, professor universitário
Empregador Universidade de Tubinga
Religião luteranismo
Livro dos mortos da Stiftskirche (Tübingen): Heinrich Wilhelm Clemm

Formação e carreiraEditar

Heinrich Wilhelm Clemm foi a partir de 1743 membro da Evangelisches Stift Tübingen, onde estudou principalmente filosofia com Eberhard Christoph Canz e matemática com Kraft. Em 23 de outubro de 1745 obteve o grau de mestre e estudou a partir de então teologia, sendo aprovado no exame de estado em 1748. De 1750 a 1752 lecionou filosofia e teologia, bem como hebraico e matemática em Tübingen e depois fez viagens por um ano pelas cidades mais importantes da Alemanha, visitando bibliotecas e seus conhecidos em todos os lugares, incluindo Pierre Louis Moreau de Maupertuis e Leonhard Euler.

A resolução singular de uma equação diferencial, que Clemm publicou na revista de Hamburgo, Vol. X, p. 637 (Hamburgo 1752) é mais antiga do que as investigações de Euler sobre tais resoluções, vem de um tempo anterior a esta viagem. Da mesma época data o Examen temporum mediorum (Berlim 1752), obra cronológica que foi recebida com grande aprovação pela crítica e para a qual Euler escreveu um prefácio. Além disso, a também famosa Lettre sur quelques paradoxes du calcul analytique adressée à M. Euler (1752) vem do mesmo período.

Voltando da viagem, Clemm tornou-se vigário na capela da corte em Stuttgart em 1753 e professor e pregador no Mosteiro de Bebenhausen em 1754, onde casou. Em 1761 voltou para Stuttgart como professor de matemática na escola secundária local e em 1767 para Tübingen como professor de teologia.

Além de sua obra teológica principal de sete volumes Vollständige Einleitung in die Religion und gesammte Theologie (1762-1773) são conhecidos também um livro de matemática de dois volumes (1764) e vários ensaios matemáticos e físicos nos Tübingische Berichten.

Referências

  1. Moritz Cantor (1876) (em alemão). "Clemm, Heinrich Wilhelm". In Allgemeine Deutsche Biographie (ADB). 4. Leipzig: Duncker & Humblot. pp. 321–322.

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar