Heist (2001)

filme de 2001 dirigido por David Mamet

Heist (bra: O Assalto[2]; prt: O Golpe[3]) é um filme de assalto de 2001 escrito e dirigido por David Mamet, e estrelando Gene Hackman, Danny DeVito, e Delroy Lindo, com Rebecca Pidgeon, Ricky Jay, e Sam Rockwell em papeis coadjuvantes. É o maior sucesso de bilheteria de Mamet.[4]

Heist
Cartaz de lançamento
No Brasil O Assalto
Em Portugal O Golpe
 Estados Unidos
2001 •  cor •  109 min 
Direção David Mamet
Produção Art Linson
Elie Samaha
Andrew Stevens
Roteiro David Mamet
Elenco Gene Hackman
Danny DeVito
Delroy Lindo
Sam Rockwell
Rebecca Pidgeon
Ricky Jay
Gênero assalto
Música Theodore Shapiro
Direção de fotografia Robert Elswit
Edição Barbara Tulliver
Companhia(s) produtora(s) Morgan Creek Productions
Franchise Pictures
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento 9 de novembro de 2001
Idioma inglês
Orçamento US$39 milhões
Receita US$28.5 milhões[1]

SinopseEditar

Joe Moore, ladrão profissional especializado em joias ; após um último roubo ele deseja aposentar-se, mas seu receptor, Bergman, chantageou-o e forçou-o a dar mais um grande golpe e com seu sobrinho Jimmy Silk como seu parceiro. Jimmy é um jovem iniciante, pouco confiável e, além disso, começa a cortejar a esposa de Joe, Fran...

ElencoEditar

ProduçãoEditar

A Franchise Pictures concordou em financiar o filme, desde que fosse estrelado por Gene Hackman e Danny DeVito. David Mamet desfrutou de grande liberdade criativa durante a produção, porque a Franchise Pictures não interferiu criativamente com ele, apenas exigindo que ele terminasse o filme dentro de um determinado orçamento.[5]

O filme, ambientado principalmente em Boston e arredores, foi ambientado em Montreal. A cena de abertura, mostrando um assalto a uma joalheria em Nova Iorque, foi filmada em um prédio da Velha Montreal em processo de reforma em um hotel.[6] As cenas do aeroporto, ambientadas no Aeroporto Logan de Boston,[7] foram filmadas no Aeroporto Internacional de Montreal-Mirabel.[6]

O filme foi capaz de lucrar por meio de pré-vendas internacionais antes de ser finalizado.[5]

RecepçãoEditar

Reação críticaEditar

De acordo com o Rotten Tomatoes, a reação crítica para Heist foi mista, com um índice geral de aprovação de 65%.[8] O resumo do consenso crítico do site era que “Heist não cobriu nenhum terreno novo, mas o elenco e a experiência de Mamet em brincadeiras espirituosas valem a pena.”[8] No Metacritic, o filme recebeu uma pontuação média ponderada de 66/100 com base em 33 críticas, indicando “críticas geralmente favoráveis”.[9]

Roger Ebert, para o Chicago Sun-Times, disse “Heist é o tipo de filme de trapaça que foi feito antes que os efeitos especiais substituíssem o engenho, construção e inteligência. Este filme é feito de ingredientes frescos, não de uma mistura de bolo. Apesar das reviravoltas de sua trama, trata-se de seus personagens.” Ele passou a elogiar as construções verbais de marca registrada de Mamet, sua abordagem contida do tiroteio na tela e o cuidado que ele tem em moldar as relações entre os principais.[10]

BilheteriaEditar

Em seu fim de semana de estreia, o filme estreou na quinta posição, arrecadou US$ 7.823.521 em 1.891 cinemas dos Estados Unidos. O filme se tornou o filme dirigido por David Mamet de maior bilheteria nos Estados Unidos.[4][1]

No total, teve uma receita bruta mundial de US$ 28.510.652, significativamente inferior ao orçamento de produção do filme de US$ 39 milhões.[1]

Home videoEditar

O filme gerou mais de US$ 72 milhões em aluguel de vídeos domésticos nos Estados Unidos (significativamente mais do que a bilheteria bruta do filme).[11]

Referências

  1. a b c «Heist» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 30 de junho de 2020 
  2. «O Assalto». no AdoroCinema 
  3. «O Golpe - SAPO Mag». SAPO. Consultado em 15 de maio de 2021 
  4. a b «Box Office Analysis: Nov. 11». hollywood.com (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2020. Cópia arquivada em 21 de setembro de 2015 
  5. a b Linson, Art (2002). What Just Happened? (em inglês). [S.l.]: Bloomsbury Pub Plc USA. ISBN 1-58234-240-7 
  6. a b Rose, Alex (31 de janeiro de 2020). «The Montreal-shot Heist does exactly what it's supposed to». Cult MTL (em inglês). Consultado em 15 de maio de 2021 
  7. Wilmington, Michael (4 de outubro de 2001). «Mamet's 'Heist,' Dunaway gala open 37th event». Chicago Tribune. Consultado em 15 de maio de 2021 
  8. a b «Heist (2001)». Rotten Tomatoes (em inglês). Fandango Media. Consultado em 15 de maio de 2021 
  9. «Heist (2001) Reviews». Metacritic. Consultado em 15 de maio de 2021 
  10. Ebert, Roger (9 de novembro de 2001). «Heist». Chicago Sun-Times (em inglês). Consultado em 15 de maio de 2021 – via RogerEbert.com 
  11. «Top Video Rentals for the week ending June 09, 2002». IMDb (em inglês). Cópia arquivada em 16 de dezembro de 2002 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.