Henry Faulds


Henry Faulds (1 de junho de 1843, 19 de março de 1930) foi um médico e datiloscopista britânico, que trabalhou como cirurgião superintendente no Hospital de Tsukiji em Tóquio, no Japão. Faulds é famoso por apresentar oficialmente um método da papiloscopia para reconhecer impressões digitais. No caso dele, começou a estudá-las em cerâmicas pré-históricas.

Henry Faulds
Henry Faulds.jpg

Henry Faulds, médico britânico.
Conhecido(a) por Apresentar oficialmente o método de reconhecimento e investigação por meio das impressões digitais, que faz parte da datiloscopia.
Nascimento 1 de junho de 1843
Grã-bretanha
Morte 19 de março de 1930 (86 anos)
Nacionalidade Britânico
Orientador(es) Charles Darwin, Francis Galton.
Instituições Hospital de Tsukiji
Campo(s) Medicina, ciência forense e criminalística
Fingerprints of Anna Timiriova 3.jpg

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

Notas

Faulds remeteu explicações dos seus sistemas com Charles Darwin, mas este, como já estava doente, orientou Faulds a procurar Francis Galton.[1]

Referências