Herman J. Mankiewicz

Herman J. Mankiewicz (Nova Iorque, 7 de novembro de 1897 - Los Angeles, 5 de março de 1953) foi um roteirista estadunidense que, com Orson Welles, escreveu o roteiro de Cidadão Kane. Antes, ele foi o correspondente em Berlim do Chicago Tribune e o crítico de teatro do The New York Times e The New Yorker.[1] Alexander Woollcott disse que Herman Mankiewicz era o "homem mais engraçado de Nova Iorque".[2] Herman Mankiewicz partilhou com Orson Wells o Óscar de Melhor Argumento por Cidadão Kane.[3]

Herman J. Mankiewicz
Nascimento 7 de novembro de 1897
Nova Iorque
Morte 5 de março de 1953 (55 anos)
Hollywood
Cidadania Estados Unidos
Filho(s) Don Mankiewicz, Frank Mankiewicz
Irmão(s) Joseph L. Mankiewicz
Alma mater
Ocupação roteirista, produtor cinematográfico, jornalista
Prêmios
Causa da morte insuficiência renal

Era frequente Herman ser chamado para melhorar os guiões de outros escritores, não recebendo crédito por muito do seu trabalho. Ocasionalmente, é possível distinguir pequenos momentos do famoso sentido de humor e sátira de Herman nos filmes em que trabalhou e este foi sendo valorizado ao longo da década de 1930. Alguns dos seus projetos mais famosos incluem filmes como: The Wizard of Oz, Man of the World, Dinner at Eight, Pride of the Yankees, e The Pride of St. Louis.

Mankiewicz era pai do também roteirista Don Mankiewicz, que foi indicado ao Óscar de melhor roteiro adaptado por Eu Quero Viver! (1958) e[4] irmão mais velho de Joseph L. Mankiewicz (1909–1993), que venceu quatro Óscares.

Referências

  1. «Biography for Herman J. Mankiewicz» (em inglês). TCM.com. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  2. «Herman Mankiewicz | American writer». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 1 de dezembro de 2020 
  3. «Academy Awards Acceptance Speeches - Search Results | Margaret Herrick Library | Academy of Motion Picture Arts & Sciences». aaspeechesdb.oscars.org. Consultado em 1 de dezembro de 2020 
  4. Mike Barnes (27 de abril de 2015). «Don Mankiewicz, Oscar-Nominated Screenwriter for 'I Want to Live!,' Dies at 93» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 24 de janeiro de 2019 

Ligações externasEditar

v