Hernando de Soto

A morte do Hernando de soto
Disambig grey.svg Nota: Para o economista e político peruano, veja Hernando de Soto Polar.

Hernando de Soto (ca. 1496/149721 de maio de 1542)[1] foi um explorador e conquistador espanhol que esteve envolvido em expedições na Nicarágua e na Península de Yucatán. Ele desempenhou um papel importante na conquista do Império Inca no Peru por Francisco Pizarro, mas é mais conhecido por liderar a primeira expedição europeia profundamente no território dos Estados Unidos modernos (através da Flórida, Georgia, Alabama, Mississippi e muito provavelmente Arkansas). Ele é o primeiro europeu documentado como tendo atravessado o rio Mississippi.[2]

Hernando de Soto
Hernando de Soto, espanhol, descobridor da Flórida
Nascimento 1496
Morte 21 de maio de 1542 (46 anos)
Nacionalidade Espanha Espanhol
Ocupação Conquistador e explorador
Assinatura
Hernando de Soto Signature.svg

A expedição norte-americana de De Soto foi um grande empreendimento. Ele variou por todo o que é hoje o sudeste dos Estados Unidos, tanto em busca de ouro, que havia sido relatado por várias tribos nativas americanas e exploradores costeiros anteriores, quanto por uma passagem para a China ou a costa do Pacífico. De Soto morreu em 1542 nas margens do rio Mississippi;[3] diferentes fontes discordam sobre a localização exata, seja o que é agora Lake Village, Arkansas, ou Ferriday, Louisiana.

ReferênciasEditar

  1. "De Soto". Collins English Dictionary.
  2. Morison, Samuel Eliot (1974). The European discovery of America : the southern voyages, A.D. 1492-1616. Internet Archive. [S.l.]: New York : Oxford University Press 
  3. «De Soto dies in the American wilderness». Consultado em 5 de agosto de 2017 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Hernando de Soto