Abrir menu principal
Herta Ehlert
Nascimento 26 de março de 1905
Berlim, Alemanha
Morte 4 de abril de 1997 (92 anos)
Nacionalidade Alemã
Cargo Guarda feminina dos campos de:
Majdanek
Bergen-Belsen
Ravensbruck
Auschwitz
Serviço militar
Patente Aufseherinnen (guarda)

Herta Ehlert (nascida Hertha Liess; Berlim, 26 de março de 19054 de abril de 1997) foi uma guarda feminina de campos de concentração nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, julgada e condenada por crimes de guerra e crimes contra a Humanidade.

Trabalhava como vendedora [1]quando foi cooptada pela SS e tornou-se guarda de campo em 15 de novembro de 1939, recebendo treinamento em Ravensbrück. Em 1942, como Aufseherinnen (guarda auxiliar feminina), foi transferida para Majdanek, perto de Lublin. Alguns oficiais da SS notaram que o comportamento de Herta era algo leniente, polido e assistencialista para com os prisioneiros e a enviaram de volta a Ravensbruck para novo treinamento,[1] sob comando de Dorothea Binz, mais tarde enforcada por crimes de guerra e atrocidades. Após a guerra ela descreveria o treinamento em Ravensbruck como "fisicamente e emocionalmente exigente".

Mais tarde ela foi transferida para Auschwitz, onde supervisionou mulheres que comandavam grupos de trabalho escravo. Ela ainda serviria no campo adjunto de Rajsko, na Polônia,[1] antes de ser transferida para Bergen-Belsen em fevereiro de 1945, onde se tornaria subsupervisora sob as ordens de Irma Grese e Elisabeth Volkenrath.

Após a libertação do campo pelas tropas britânicas em abril de 1945, Ehlert foi presa e levada a julgamento no Julgamento de Belsen, ocorrido entre setembro e novembro de 1945, onde foi condenada a 15 anos de prisão.[2] Teve a pena comutada anos depois, sendo libertada em 7 de maio de 1953 e passou a viver na Alemanha sob o nome de Herta Naumann.[3] Morreu aos 92 anos de idade, em 1997.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «EVIDENCE FOR THE DEFENDANT HERTA EHLERT». War Crimes Trials - Vol. II The Belsen Trial. 'The Trial of Josef Kramer and Forty Four Others'. Consultado em 31 de agosto de 2012 
  2. «Bergen-Belsen Trial». JewishVirtualLibrary. Consultado em 31 de agosto de 2012 
  3. «First Belsen Trial Aufseherin Herta Ehlert / Naumann / Ließ». Consultado em 31 de agosto de 2012 

BibliografiaEditar