Hesperídio

Hesperídio (do latim hesperidium) é o fruto das espécies cítricas da família Rutaceae. Trata-se de uma baga com muitas sementes, cujo endocarpo é dividido em câmaras.[1][2][3]

Diversos tipos de frutos de citrinos, os hesperídios mais comuns.
Laranja seccionada mostrando a estrutura interna de um hesperídio.

DescriçãoEditar

Hesperídio é a designação dada em botânica a um tipo de baga modificada, mais frequente entre os citrinos. É um fruto carnoso, de casca mais ou menos endurecida, denominada pericarpo, constituída por epicarpo, mesocarpo e endocarpo, contendo matéria carnosa, geralmente rica em sumo, entre o endocarpo, ou parede interior do ovário, e as sementes. A parte carnuda não é constituída pelas paredes do ovário, mas por carpelos fechados e inchados entre essas paredes e as sementes.

Em consequência da presença dessa camada carnuda no exterior das paredes do ovário, os hesperídios diferenciam-se das bagas, com as quais podem ser confundidos dada a semelhança morfológica, nas quais são o mesocarpo e o endocarpo as partes constituintes da matéria carnosa ou polpa.

Alguns exemplos de hesperídios são os frutos das Rutaceae mais comuns, como, por exemplo, o limão, a laranja e a tangerina.

Notas

  1. Bailey, L. H.; Bailey, E. Z. (1976). Hortus Third ed. New York: Macmillan. p. 275. ISBN 0-02-505470-8 .
  2. Theodor C. H. Cole: Wörterbuch der Biologie. 4. Auflage, Springer, 2015, ISBN 978-3-64255327-1, S. 91.
  3. Jochen Martz: Agrumen (...) zu einem dritten Theile von seinen Hesperidibus. Zur unbekannten Kupferstichserie für einen dritten Band der „Nürnbergischen Hesperides“. In: Die Gartenkunst. 23, 2011, pp. 151–194.