Abrir menu principal
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Uma fêmea de Mastim inglês com sua prole de cruzamento com Pit Bull. Uma prole mestiça de um tipo de cruzamento chamado Bandog.

Heterose ou vigor híbrido é um fenômeno caracterizado pelo melhoramento ou aumento de qualquer qualidade biológica em uma prole híbrida ou mestiça, ou seja, com pais sem parentesco ou com parentesco muito distante.[1][2][3][4] Uma prole é heterótica se suas características fenotípicas forem aprimoradas como resultado da mistura das contribuições genéticas de seus pais. Estes efeitos podem ser devidos à herança mendeliana ou não-mendeliana.

Portanto a heterose possui efeito inverso ao da depressão por endogamia, causada pelo excesso de consanguinidade.

Este efeito pode ser produzido por plantas e animais.

Imagem mostra linha do tempo comparativa de dois endocruzamentos de milho e seu híbrido F1 (½) exibindo heterose (centro).

Principalmente na pecuária busca-se realizar o cruzamento industrial com objetivo de produzir proles heteróticas, que possuem mais saúde que seus pais sem perda de produtividade ou qualidade genética.[5][4]

DefiniçõesEditar

Ao propor o termo heterose para substituir o termo antigo heterozigose, George Harrison Shull teve como objetivo evitar limitar o termo aos efeitos que podem ser explicados pela heterozigoticidade na herança mendeliana.[6]

A heterose é freqüentemente discutida como o oposto da depressão por endogamia, embora diferenças nesses dois conceitos possam ser vistas em considerações evolucionárias, como o papel da variação genética ou os efeitos da deriva genética em populações pequenas nesses conceitos. A depressão por endogamia ocorre quando pais aparentados têm filhos com características fenotípicas que influenciam negativamente a sua forma física, em grande parte devido à homozigose. Em tais casos, o cruzamento deve resultar em heterose.

Nem todos os cruzamentos resultam em heterose.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Agência de Informação Embrapa Heterose ou Vigor Híbrido». www.agencia.cnptia.embrapa.br. Consultado em 7 de junho de 2019 
  2. «Heterose | ABCB Senepol». Consultado em 7 de junho de 2019 
  3. SemiColonWeb. «Heterose / Vigor Híbrido | Composto Montana». Consultado em 7 de junho de 2019 
  4. a b «Heterose (vigor híbrido) e consanguinidade». www.3tres3.com.pt. Consultado em 7 de junho de 2019 
  5. «Heterose e cruzamentos como estratégia de melhoramento de bovinos | Nathã Carvalho e Emmanuel Veiga de Camargo | MilkPoint». www.milkpoint.com.br. Consultado em 7 de junho de 2019 
  6. «What Is "Heterosis"?». Genetics. 33. PMC 1209417 . PMID 17247290