Abrir menu principal

Wikipédia β

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Março de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde março de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Hexokinase I, dimer, Human.

Hexoquinase (pt-PT: hexocinase) é a enzima (EC 2.7.1.1) que catalisa a conversão de uma hexose a hexose-6-fosfato, através da hidrólise de ATP em ADP, transferindo assim o grupo fosfato ao monossacarídeo.[1]

Essa enzima está atrelada ao metabolismo de carboidratos em mamíferos, onde a conversão de glicose em glicose-6-fosfato é o primeiro passo da via glicolítica. A glicose-6-fosfato, por sua vez, é substrato para diversas outras vias, como, por exemplo, a via das pentoses-fosfato.

ReaçãoEditar

Reação da hexoquinase com glicose como substrato

As reações mediadas pela hexoquinases podem ser tipificadas na seguinte forma:

Hexose-CH2OH + MgATP2− → Hexose-CH2O-PO2−3 + MgADP + H+

Onde "hexose-CH2OH" é qualquer uma das hexoses (como a própria glicose) que possui uma extremidade -CH2OH acessível.

IsozimasEditar

A hexoquinase muscular (hexoquinase II) é umas das isozimas da hexoquinase que sofre inibição alostérica pelo seu produto, a glicose-6-fosfato. Sempre que a concentração de glicose-6-fosfato no interior da célula aumenta acima do seu nível normal, a hexoquinase é inibida de forma temporária e reversível, colocando a velocidade de formação da glicose-6-fosfato em equilíbrio com a sua velocidade de utilização e restabelecendo o estado de equilíbrio estacionário.

A hexoquinase hepática (hexoquinase IV, também conhecida como glucoquinase), por sua vez, é a isozima que não sofre inibição pela glicose-6-fosfato, apesar de ter menor afinidade para a glicose, fato que lhe permite mecanismos diferentes de regulação durante a síntese de glicogênio.

Referências

  1. PDB 3O08; Kuettner EB, Kettner K, Keim A, Svergun DI, Volke D (2010). «Crystal structure of dimeric KlHxk1 in crystal form I». doi:10.2210/pdb3o08/pdb 
  Este artigo sobre Bioquímica é um esboço relacionado ao Projeto Química. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.