Abrir menu principal
Hi Fly
IATA 5K
ICAO HFY
Indicativo de chamada SKY FLYER
Fundada em 2006
Principais centros
de operações
Aeroporto da Portela, Lisboa
Frota 13
Sede Rua Latino Coelho, 1
Lisboa[1]
Pessoas importantes
Sítio oficial www.hifly.aero

A Hi Fly é uma companhia aérea privada e a terceira maior aviação portuguesa, especializada no fretamento de aviões comerciais com tripulação, manutenção e seguro incluído wet lease.

A companhia foi formada em 2005 e concluiu em Abril de 2006 o processo de certificação, emitido pelo Instituto Nacional de Aviação Civil. O primeiro avião da Hi Fly a constar neste certificado foi um Airbus A330-300. Em 2015 a companhia conta com uma frota de 11 Airbus de modelos: A321s, A330s e A340s. A Hi Fly opera em mundo inteiro. É aprovada pela FAA e opera com as normas europeias, EU-OPS, EASA e IOSA.[3]

Índice

HistóriaEditar

O primeiro avião a fazer parte da frota Hi Fly foi um A330-300 que se encontra agora ao serviço da Força Aérea Belga. Em 2008 foram adicionados dois Airbus A310-300. Estes foram em regime de wet lease para a Oman Air, fazendo os primeiros voos de longo curso entre Londres e Bangkok. Em 2008 e 2009 a Airbus entregou um Airbus A330-200 e dois Airbus A340-500; estes últimos estão a ser utilizados pela Arik Air na Nigéria nos seus voos de longo curso de Londres para Nova Iorque. A partir daí mais A330s e A340s têm entrado na frota, incluindo quatro em 2013.

A Hi Fly tem sede em Lisboa, Portugal[4]. Neste edifício encontram-se os departamentos de operações de voo, terra, engenharia e manutenção, segurança, comercial, financeiro e administrativo e qualidade.

A Hi Fly opera a sua frota de aviões de grande porte principalmente em operações de longo curso em toda a Europa, Estados Unidos, América do Sul, Caraíbas, Médio Oriente, Extremo Oriente, África e Austrália.[5]

Em Maio de 2015 o governo de Arábia Saudita anulou o contrato com Hi Fly por esta ter aterrado em Israel um avião com o logótipo da Saudi Arabian Airlines (SAA).[6]

A companhia vai receber em meados de 2018 um Airbus A380. O avião que a Hi Fly vai operar é um dos primeiros A380 entregues à Singapore Airlines, que o vai substituir por um modelo mais recente e eficiente. O avião de dois andares será dotado de motores Rolls Royce Trent 900 e terá uma capacidade para 471 passageiros distribuídos por três classes. O piso inferior será todo dedicado à classe económica, transportando um total de 399 passageiros, enquanto o piso superior terá lugares de classe executiva e primeira classe, suportando 60 e 12 passageiros.[7]

FrotaEditar

Em julho de 2018 a Hi Fly tem a seguinte frota :

Aeronave Ativo Pedidos Notas
Airbus A321-200 1
Airbus A330-200/300 4
Airbus A340-300/500 8
Airbus A380 1 1
Total 14 1

DestinosEditar

A Hi Fly tem permissões e certificações especiais para voar para a Europa, Estados Unidos, Canadá, Austrália, Japão, Brasil, México, Arábia Saudita e Índia.[8]

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.