Hidreto de cromo(I)

composto químico
Hidreto de cromo(I)
Alerta sobre risco à saúde
CrH molecule.jpg
Outros nomes Monohidreto de cromo
Cromohidreto
Identificadores
Número CAS 13966-79-5
ChemSpider 29331166
SMILES
InChI
1/Cr.H/q+1;-1
Propriedades
Fórmula molecular CrH
Massa molar 53.0040 g/mol
Aparência Colorless gas
Página de dados suplementares
Estrutura e propriedades n, εr, etc.
Dados termodinâmicos Phase behaviour
Solid, liquid, gas
Dados espectrais UV, IV, RMN, EM
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.


Hidreto de cromo(I), ou simplesmente hidreto de cromo, é um composto inorgânico de fórmula CrH. Ocorre naturalmente em algumas espécies de estrelas e é detectado através do seu espectro eletromagnético. Ainda não foi obtido em grandes quantidades, por conseguinte, as suas propriedades físicas permanecem desconhecidas. No entanto, hidreto de cromo(I) molecular, com a fórmula CrH, foi isolado em matrizes de gás sólidos. O hidreto molecular é muito reativo. Como tal, o composto não está bem caracterizado, embora muitas das suas propriedades foram calculadas através de química computacional.

Formas molecularesEditar

Gás de hidreto de cromo(I) foi criado com arco elétrico entre eletrodos de cromo em uma atmosfera de hidrogênio.[1]

CrH pode ser formado pela reação do vapor de cromo metálico, criado por uma descarga elétrica na presença de hidrogênio. A descarga elétrica quebra as ligações químicas das moléculas de H2 em átomos reativos de H. Desta forma, a reação se procede:


Cr(g) + H CrH.[2]

Outro método de fazer o CrH é reagir o vapor de cromocarbonila (Cr(CO)6) com hidrogênio atômico gerado por descarga elétrica.[3]

PropriedadesEditar

Quando produzido na reação com o vapor de cromo numa descarga eléctrica, o gás hidreto de cromo brilha com uma cor verde-azulada brilhante.[2]

O momento dipolo da molécula é 3,864 Debye.[2][4]

A energia de dissociação para quebrar a molécula é  2.118 eV[4] ou 1.93 eV.[5]

A molécula de CrH é fortemente paramagnética.[6]

EspectroEditar

Foi descoberto em 1937 uma banda espectral na região do ultravioleta entre 360 e 370 nm.[1] Foi observado transições A6Σ+–X6Σ+ em estrelas do tipo S  e  anãs marrons do tipo L.[2][7]

Hidretos não-clássicosEditar

Outros hidretos de cromo são relatados, a exemplo do  CrH(H2), CrH2(H2), CrH2(H2)2.[8]

ReferênciasEditar

  1. a b Gaydon, A. G.; R. W. B. Pearse (1937). «Band Spectrum of Chromium Hydride, CrH». Nature. 140 (3533): 110–110. Bibcode:1937Natur.140..110G. ISSN 0028-0836. doi:10.1038/140110a0 
  2. a b c d Halfen, D. T.; L. M. Ziurys (10 de agosto de 2004). «The Submillimeter Spectrum of CrH and CrD (X 6Σ+)». The American Astronomical Society. The Astrophysical Journal. 611 (1): L65–L68. Bibcode:2004ApJ...611L..65H. doi:10.1086/423426 
  3. Corkery, Steven M.; John M. Brown; Beaton, Stuart P.; Evenson, Kenneth M. (1991). «Molecular Parameters of Chromium Hydride in its X 'Z+ State Determined by Far-Infrared Laser Magnetic Resonance Spectroscopy» (PDF). Journal of Molecular Spectroscopy. 149: 257–273. Bibcode:1991JMoSp.149..257C. doi:10.1016/0022-2852(91)90158-7 
  4. a b Dai, D.G.; K. Balasubramanian (1993). «Spectroscopic Properties and Potential Energy Curves for 21 Electronic States of CrH». Journal of Molecular Spectroscopy. 161 (2): 455–465. Bibcode:1993JMoSp.161..455D. ISSN 0022-2852. doi:10.1006/jmsp.1993.1251 
  5. Chen, Yu-Min; D. E. Clemmer; P. B. Armentrout (1993). «Gas-phase thermochemistry of VH and CrH». The Journal of Chemical Physics. 98 (6): 4929. Bibcode:1993JChPh..98.4929C. ISSN 0021-9606. doi:10.1063/1.464948 
  6. Stoll, Michael; Joost Bakker; Timothy Steimle; Gerard Meijer; Achim Peters (2008). «Cryogenic buffer-gas loading and magnetic trapping of CrH and MnH molecules». Physical Review A. 78 (3): 032707–032714. Bibcode:2008PhRvA..78c2707S. ISSN 1050-2947. doi:10.1103/PhysRevA.78.032707 
  7. S O'Connor (maio de 1969). «A predissociation in the chromium hydride molecule». Journal of Physics B: Atomic and Molecular Physics. 2 (5): 541. Bibcode:1969JPhB....2..541O. doi:10.1088/0022-3700/2/5/306 
  8. Wang, Xuefeng; Andrews, Lester (2003). «Chromium Hydrides and Dihydrogen Complexes in Solid Neon, Argon, and Hydrogen:  Matrix Infrared Spectra and Quantum Chemical Calculations». The Journal of Physical Chemistry A. 107 (4): 570–578. doi:10.1021/jp026930h