Hino nacional da União Soviética

hino nacional da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas

O Hino da União Soviética (em russo: Гимн Советского Союза, Gimn Sovetskogo Soyuza) substituiu o Internatsionale como hino nacional em 15 de Março de 1944. Sua letra fora escrita por Sergey Mikhalkov (nascido em 1913, falecido em 2009) em conjunto com Gabriel El-Registan, e a melodia fora obra de Alexander Alexandrov (1883-1946). Acreditava-se que os soldados soviéticos reagiriam melhor a um hino com teor nacionalista dedicado apenas à União Soviética ao invés de um mundial. A expressão "Mãe-Rússia", como exemplo, foi ressuscitada do período czarista. A canção foi escrita originalmente como o hino do Partido Bolchevique.[1][2]

Государственный гимн СССР
Português: Hino da União Soviética
Hino nacional da União Soviética
Partitura do hino

Hino Nacional  União Soviética
Rep. Federativa da Rússia

Letra Sergey Mikhalkov, 1943 e 1977
Composição Alexander Alexandrov, 1938
Adotado 1 de Janeiro de 1944
1 de Setembro de 1977 (nova versão)
Até 26 de Dezembro de 1991
(União Soviética)
23 de Novembro de 1990
(como hino da RSFS da Rússia)
Letra do hino (Wikisource)
Gimn Sovetskogo Soyuza
Amostra de áudio
noicon

Originalmente, Stálin era mencionado na música, no entanto, após sua morte em 1953, tal referência já não era mais aceitável, devido a diversos fatos relativos ao discurso secreto de Khrushchov, que denunciou o governo de seu antecessor, por isso, as autoridades resolveram descartar a letra, e até mesmo a execução da música era desaconselhada e na maioria dos eventos nacionais, o hino comunista A Internacional substituía o hino soviético.[1][2]

Durante a gestão do presidente Leonid Brejnev, de fortes inspirações estalinistas e consideravelmente pacifistas, o hino obteve o seu status oficial, porém ainda sem letras, até que em 1977, a letra do hino foi revista, e os trechos que citavam as vitórias soviéticas nas batalhas foram substituídos por versos que falavam sobre um futuro comunista, uma vez que durante esse período, a União Soviética se dizia a defensora da paz e do comunismo no planeta.[1][2]

Até 1990, a canção era oficial como o hino da Federação Socialista Russa, porém com a posse de Boris Ieltsin no poder do país, a Canção Patriótica a substituiu, até o ano 2000, quando ela novamente tornou-se o hino russo.[1][2]

A melodia ainda é usada como o hino da Rússia.


Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.
Através das tempestades brilhou-nos o sol da liberdade, e o grande Lênin iluminou-nos o caminho - versos em Kurskaya (Metro de Moscovo)

Referências

  1. a b c d https://music-facts.ru/song/Aleksandr_Aleksandrov/Gimn_SSSR/ Гимн СССР. Александр Александров. Факты о песне., текст песни.. Интересные факты о песнях. Дата обращения 7 декабря 2018.
  2. a b c d https://books.google.ru/books?id=FegTAQAAIAAJ Frans C. Lemaire. Музыка XX века в России и в республиках бывшего Советского Союза. — Гиперион, 2003. — С. 108. — 532 с.

Ligações externas

editar

Precedido por
A Internacional
Hinos nacionais russos
1944 - 1991
Sucedido por
Canção Patriótica