Abrir menu principal
Ολυμπιακός Ύμνος(grego)
Hymne olympique(francês)
Olympic Anthem(inglês)
Português:  Hino Olímpico

Hino Nacional COI
Letra Kostís Palamás, 1800
Composição Spyridon Samaras, 1896
Adotado 1958
Olympic flag.svg
Símbolos olímpicos
Carta
Lema
Bandeira
Chama
Hino
Mascotes

O Hino Olímpico (Grego: Ολυμπιακός Ύμνος) foi composto pelo grego Spyridon Samaras, com letra do poeta romano Kostís Palamás em 1800. O hino foi adotado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em 1958. É executado durante a Cerimônia de Abertura de cada edição, quando a Bandeira Olímpica é hasteada, e na Cerimônia de Encerramento, quando ela é arriada.

O hino começou a ser cantado em grego, mas em várias edições foi traduzido para o idioma do país anfitrião. Em Sydney 2000, o hino voltou a ser cantado em grego na Cerimônia de Abertura, o que foi repetido em Pequim 2008.

LetraEditar

Grego lírico Transliteração ao alfabeto latino Versão em Português Versão em Português (Brasil)
Αρχαίο Πνεύμ' αθάνατο, αγνέ πατέρα
του ωραίου, του μεγάλου και τ'αληθινού,
κατέβα, φανερώσου κι άστραψ'εδώ πέρα
στην δόξα της δικής σου γης και τ'ουρανού.

Στο δρόμο και στο πάλεμα και στο λιθάρι,
στων ευγενών Αγώνων λάμψε την ορμή,
και με τ' αμάραντο στεφάνωσε κλωνάρι
και σιδερένιο πλάσε κι άξιο το κορμί.

Κάμποι, βουνά και θάλασσες φέγγουν μαζί σου
σαν ένας λευκοπόρφυρος μέγας ναός,
και τρέχει στο ναό εδώ, προσκυνητής σου,
Αρχαίο Πνεύμ' αθάνατο, κάθε λαός.
Arkhéo Pnévma athánato, aghné patéra
tou oraéou, tou meghálou kai t'alithinoú,
katéva, phanerósou ki ástraps'edhó péra
stin dhóksa tis dhikís sou ghis kai t'ouranoú.

Sto dhrómo kai sto pálema kai sto lithári,
ston evghenón Aghónon lámpse tin ormí,
kai me t'amáranto stefánose klonári
kai sidherénio pláse ki áksio to kormí.

Kámpi vouná kai thálasses féngoun mazí sou
san énas levkopórfyros méghas naós,
kai trékhei sto naó edhó, proskynitís sou,
Arkhaéo Pneúm' athánato, káthe laós.
Oh! Arcaico espírito imortal, imaculado
Pai da beleza, da grandeza e da veracidade
Desça, se faça presente e faça brilhar aqui e
Mais além, na Glória de sua Terra e Céu

Na corrida, na luta e no arremesso, faça
brilhar o ímpeto das nobres competições
Modelando com aço e dignidade o corpo
Coroando-o com a imperecível rama do louro

Campos, montanhas e mares se vão contigo
Tal como um alvirrubro magno templo

Para o qual se conduz aqui como seu peregrino
Oh, arcaico espírito imortal, cada nação..

Espírito imortal da antiguidade:
Criador augusto da verdade, beleza e bondade!
Desça aqui, apresente-se e radie sua luz sobre nós,
por este nobre campo e debaixo deste céu,
que primeiro testemunharam sua fama imperecível.

Traga vida e entusiasmo para estes nobres jogos,
atire coroas de flores com frescor eterno
aos vitoriosos da corrida e da luta.
E crie em nossos peitos corações de aço!

Em sua luz, planícies, montanhas e mares,
brilham em matizes rosados e formam um vasto templo,
no qual as multidões de todas as nações vão adorá-lo:
Ó espírito imortal da antiguidade!

Idiomas em que o Hino Olímpico foi executadoEditar

Olimpíada Cidade-Sede Idioma Observações
Verão de 1896 Atenas, Grécia,
  Grécia
Grego O hino foi realizado pela primeira vez na cerimônia de abertura.
Inverno de 1960 Squaw Valley,
  Estados Unidos
Inglês Esta foi a primeira vez que o hino olímpico foi realizado desde Atenas 1896.
Verão de 1960 Roma,
  Itália
Italiano
Inverno de 1964 Innsbruck,
  Áustria
Alemão
Verão de 1964 Tóquio,
  Japão
Instrumental (Abertura)
Japonês (Encerramento)
O hino foi cantado em japonês na cerimônia de encerramento.
Inverno de 1968 Grenoble,
  França
Francês
Verão de 1968 Cidade do México,
  México
Espanhol
Inverno de 1972 Sapporo,
  Japão
Japonês
Verão de 1972 Munique,
  Alemanha Ocidental
Instrumental Um arranjo instrumental foi usado durante as cerimônias de abertura e encerramento.
Inverno de 1976 Innsbruck,
  Áustria
Alemão e Latim
Verão de 1976 Montreal,
  Canadá
Grego O hino foi cantado em grego.
Inverno de 1980 Lake Placid,
  Estados Unidos
Inglês
Verão de 1980 Moscou,
  União Soviética
Russo (Abertura)
Grego (Encerramento)
O hino foi cantado em russo na cerimônia de abertura e depois em grego na cerimônia de encerramento.
Inverno de 1984 Sarajevo,
  Iugoslávia
Servo-croata
Verão de 1984 Los Angeles,
  Estados Unidos
Inglês
Inverno de 1988 Calgary,
  Canadá
Grego O hino foi cantado em grego.
Verão de 1988 Seul,
  República da Coreia
Coreano
Inverno de 1992 Albertville,
  França
Instrumental A versão instrumental do hino foi tocada.
Verão de 1992 Barcelona,
  Espanha
Catalão, Francês e Espanhol (Abertura)
Espanhol e Inglês (Encerramento)
Na cerimônia de abertura, Alfredo Kraus cantou as duas primeiras estrofes do hino em catalão e o restante do hino em espanhol e francês. Na cerimônia de encerramento, Plácido Domingo cantou em espanhol e inglês.
Inverno de 1994 Lillehammer,
  Noruega
Norueguês Cantada nas cerimônias de abertura e encerramento por Sissel Kyrkjebø com o Coro das Crianças.
Verão de 1996 Atlanta,
  Estados Unidos
Inglês Executado na Cerimônia de Abertura pelas 300 vozes do Coro Olímpico do Centenário com a Orquestra Sinfônica de Atlanta e na Cerimônia de Encerramento por Jennifer Larmore e o Morehouse College Glee Club com a Orquestra Juvenil da Orquestra Sinfônica de Atlanta.
Inverno de 1998 Nagano,
  Japão
Japonês Executada pela Orquestra do Festival de Nagano e cantada pelo Grupo de Coro Infantil da Cidade de Nagano em japonês.
Verão de 2000 Sydney,
  Austrália
Grego (Abertura)
Inglês (Encerramento)
Estas foram as primeiras Olimpíadas até Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em que o hino foi cantado em ambas as línguas preferidas pelo COI.[1] Na cerimônia de abertura cantado em grego pelo Coro do Milênio da Arquidiocese Ortodoxa Grega da Austrália com a Orquestra Sinfônica de Sydney, em reconhecimento à grande população grega da Austrália. Na cerimônia de encerramento, cantado em inglês pela soprano australiana Yvonne Kenny.
Inverno de 2002 Salt Lake City,
  Estados Unidos
Inglês Cantado pelo Coro do Tabernáculo Mórmon na Cerimônia de Abertura e por Laura Garff-Lewis na Cerimônia de Encerramento.
Verão de 2004 Atenas,
  Grécia
Grego Em grego, cantado para o arranjo de John Psathas.
Inverno de 2006 Turim,
  Itália
Instrumental Nessas Olimpíadas, uma versão abreviada foi realizada nas cerimônias de abertura e encerramento.
Verão de 2008 Pequim,
  República Popular da China
Grego O hino foi cantado em grego na cerimônia de abertura e na cerimônia de encerramento.
Inverno de 2010 Vancouver,
  Canadá
Inglês e Francês Esta foi a única Olimpíada que o hino foi realizado em ambas as línguas oficiais das Olimpíadas. Isso foi feito para refletir o bilinguismo oficial no Canadá. Measha Brueggergosman, na cerimônia de abertura, e Ben Heppner, na cerimônia de encerramento, cantaram os dois primeiros, o quarto, e sexta estrofes em inglês e o restante em francês.
Juventude de 2010 (Verão)   Singapura Grego O hino foi cantado em grego.
Juventude de 2012 (Inverno) Innsbruck,
  Áustria
Instrumental A versão instrumental do hino foi tocada nas cerimônias de abertura e encerramento.
Verão de 2012 Londres,
  Reino Unido
Instrumental (abertura)
Inglês (encerramento)
Versão instrumental tocada na cerimônia de abertura pela Orquestra Sinfônica de Londres e pela Grimethorpe Colliery Band. Cantado em inglês na cerimônia de encerramento do Coro de Voz Masculino Galês de Londres e do Coro do London Welsh Rugby Club com letras curtas.
Inverno de 2014 Sochi,
  Federação Russa
Russo (abertura)
Instrumental (encerramento)
Cantado em russo na mesma tradução dos Jogos Olímpicos de Verão de 1980 em Moscou. É executado por Anna Netrebko com o Coro Masculino do Mosteiro Sretensky de Moscou na cerimônia de abertura. A versão instrumental que também tocou na cerimônia de abertura pela Orquestra Sinfônica de Londres e pela Grimethorpe Colliery Band foi usada na cerimônia de encerramento.
Juventude de 2014 (Verão) Nanquim,
  República Popular da China
Instrumental A versão instrumental tocada na cerimônia de abertura pela Orquestra Sinfônica de Londres e pela Grimethorpe Colliery Band foi usada nas cerimônias de abertura e de encerramento.
Juventude de 2016 (Inverno) Lillehammer,
  Noruega
Norueguês Uma versão coral foi cantada em norueguês nas cerimônias de abertura e encerramento usando as mesmas letras do hino cantado nos Jogos Olímpicos de Inverno de 1994
Verão de 2016 Rio de Janeiro,
  Brasil
Inglês O hino foi cantado em inglês nas cerimônias de abertura e de encerramento dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 pelo coral de jovens do Projeto More, da cidade de Niterói, localizada na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.
Inverno de 2018 PyeongChang,
  República da Coreia
Grego (abertura)
Inglês (encerramento)
As primeiras Olimpíadas desde os Jogos Olímpicos de Verão de 2000, em Sydney, na Austrália, e as únicas Olimpíadas de Inverno até então em que o hino foi cantado em ambas as línguas preferidas pelo COI. Foi cantado em grego pela soprano Sumi Hwang, na cerimônia de abertura, e em inglês por Oh Yeon-joon, de 11 anos, na cerimônia de encerramento.
Juventude de 2018 (Verão) Buenos Aires,
  Argentina
Juventude de 2020 (Inverno) Lausanne,
  Suíça
Verão de 2020 Tóquio,
  Japão
Inverno de 2022 Pequim,
  República Popular da China
Verão de 2024 Paris,
  França
Verão de 2028 Los Angeles,
  Estados Unidos

Ligações externasEditar


  1. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Languages