Hino nacional da União Soviética

hino nacional da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas

O Hino da União Soviética (em russo: Гимн Советского Союза, Gimn Sovetskogo Soyuza) substituiu o Internatsionale como hino nacional em 15 de Março de 1944. Sua letra fora escrita por Sergey Mikhalkov (nascido em 1913, falecido em 2009) em conjunto com Gabriel El-Registan, e a melodia fora obra de Alexander Alexandrov (1883-1946). Acreditava-se que os soldados soviéticos reagiriam melhor a um hino com teor nacionalista dedicado apenas à União Soviética ao invés de um mundial. A expressão "Mãe-Rússia", como exemplo, foi ressuscitada do período czarista. A canção foi escrita originalmente como o hino do Partido Bolchevique.[1][2]

Государственный гимн СССР
Português:  Hino da União Soviética
Partitura do hino

Hino Nacional  União Soviética
Flag of Russian SFSR.svg Rep. Federativa da Rússia

Letra Sergey Mikhalkov, 1943 e 1977
Composição Alexander Alexandrov, 1938
Adotado 1 de Janeiro de 1944
1 de Setembro de 1977 (nova versão)
Até 26 de Dezembro de 1991
(União Soviética)
23 de Novembro de 1990
(como hino da RSFS da Rússia)
Letra do hino (Wikisource)
Wikisource-logo.svg Gimn Sovetskogo Soyuza

Originalmente, Stálin era mencionado na música, no entanto, após sua morte em 1953, tal referência já não era mais aceitável, devido a diversos fatos relativos ao discurso secreto de Khrushchov, que denunciou o governo de seu antecessor, por isso, as autoridades resolveram descartar a letra, e até mesmo a execução da música era desaconselhada e na maioria dos eventos nacionais, o hino comunista A Internacional substituía o hino soviético.[1][2]

Durante a gestão do presidente Leonid Brejnev, de fortes inspirações estalinistas e consideravelmente pacifistas, o hino obteve o seu status oficial, porém ainda sem letras, até que em 1977, a letra do hino foi revista, e os trechos que citavam as vitórias soviéticas nas batalhas foram substituídos por versos que falavam sobre um futuro comunista, uma vez que durante esse período, a União Soviética se dizia a defensora da paz e do comunismo no planeta.[1][2]

Até 1990, a canção era oficial como o hino da Federação Socialista Russa, porém com a posse de Boris Ieltsin no poder do país, a Canção Patriótica a substituiu, até o ano 2000, quando ela novamente tornou-se o hino russo.[1][2]

A melodia ainda é usada como o hino da Rússia.


Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.
Através das tempestades brilhou-nos o sol da liberdade, e o grande Lênin iluminou-nos o caminho - versos em Kurskaya (Metro de Moscovo)

Referências

  1. a b c d https://music-facts.ru/song/Aleksandr_Aleksandrov/Gimn_SSSR/ Гимн СССР. Александр Александров. Факты о песне., текст песни.. Интересные факты о песнях. Дата обращения 7 декабря 2018.
  2. a b c d https://books.google.ru/books?id=FegTAQAAIAAJ Frans C. Lemaire. Музыка XX века в России и в республиках бывшего Советского Союза. — Гиперион, 2003. — С. 108. — 532 с.

Ligações externasEditar

Precedido por
A Internacional
Hinos nacionais russos
1944 - 1991
Sucedido por
Canção Patriótica