Hiryū (porta-aviões)

O Hiryū (飛龍?) foi um porta-aviões operado pela Marinha Imperial Japonesa. Projetado a partir de uma versão modificada do Sōryū, sua construção começou em julho de 1936 no Arsenal Naval de Yokosuka e foi lançado ao mar em novembro de 1937, sendo comissionado na frota japonesa no início de julho de 1939.[1] Ele era capaz de transportar mais de setenta aeronaves, era armado com uma bateria antiaérea composta por canhões de 127 e 25 milímetros, tinha um deslocamento normal de mais de vinte mil toneladas e conseguia alcançar uma velocidade máxima de 34 nós.[2]

Hiryū
Hiryu-2.jpg
Carreira  Japão
Operador Marinha Imperial Japonesa
Fabricante Arsenal Naval de Yokosuka
Batimento de quilha 8 de julho de 1936
Lançamento 16 de novembro de 1937
Comissionamento 5 de julho de 1939
Estado Naufragado
Destino Afundado na Batalha de Midway
em 5 de junho de 1942
Características gerais
Tipo de navio Porta-aviões
Deslocamento 20 570 t (normal)
Maquinário 4 turbinas a vapor
8 caldeiras
Comprimento 227,4 m
Boca 22,3 m
Calado 7,8 m
Propulsão 4 hélices
- 153 000 cv (113 000 kW)
Velocidade 34 nós (63 km/h)
Autonomia 10 330 milhas náuticas a 18 nós
(19 130 km a 33 km/h)
Armamento 12 canhões de 127 mm
31 canhões antiaéreos de 25 mm
Blindagem Cinturão: 90 a 150 mm
Convés: 25 a 35 mm
Aeronaves 64 (+9 na reserva)
Tripulação 1 100

O Hiryū teve uma carreira ativa na Segunda Guerra Mundial. Ele apoiou a invasão da Indochina Francesa em setembro de 1941 e participou do Ataque a Pearl Harbor e da Batalha da Ilha Wake em dezembro, enquanto no ano seguinte se envolveu no Bombardeio de Darwin e da conquista das Índias Orientais Holandesas em fevereiro e de um ataque contra forças britânicas no Oceano Índico entre março e abril. O Hiryū participou em junho da Batalha de Midway, quando foi danificado por ataques aéreos norte-americanos e deliberadamente afundado para não ser capturado.[1]

Referências

  1. a b Tully, Anthony P. (24 de abril de 2000). «IJN Hiryu: Tabular Record of Movement». Combined Fleet. Consultado em 9 de maio de 2021 
  2. Tully, Anthony P. «Soryu-class Aircraft Carrier». Combined Fleet. Consultado em 9 de maio de 2021 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Porta-aviões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.