História da Polónia (1945–1989)

A história da Polónia entre 1945 e 1989 compreende o período de domínio soviético e do governo comunista imposto após o final da Segunda Guerra Mundial à Polónia, como restabelecido no interior das novas fronteiras. Este período, embora caracterizado pela industrialização e a urbanização, e muitas melhorias no padrão de vida, foi marcadas por conflitos sociais e graves dificuldades económicas.

No final da Segunda Guerra Mundial, o avanço do Exército Vermelho soviético expulsou as forças alemãs da Polónia ocupada. Em Fevereiro de 1945, a Conferência de Ialta sancionou a formação de um governo provisório da Polónia a partir de uma coligação de compromisso, até à realização de eleições a seguir à guerra. José Estaline, líder da União Soviética, manipulou a implementação da decisão. Um Governo Provisório de Unidade Nacional controlado quase praticamente pelos comunistas, foi formado em Varsóvia, ignorando o governo polaco no exílio, sediado em Londres desde 1940.

Durante a subsequente Conferência de Potsdam, realizada em Julho–Agosto de 1945, as três principais potências aliadas ratificaram a colossal mudança de fronteiras polacas a oeste e aprovaram o seu novo território entre as linhas Oder–Neisse e Curzon. Após o extermínio da população polaca durante o Holocausto, a expulsão dos alemães no ocidente, a deportação dos ucranianos no oriente, e a repatriação dos polacos de Kresy, a Polónia tornou-se, pela primeira vez na sua história, um estado-nação etnicamente homogéneo, sem minorias que se destacassem. O novo governo solidificou o seu poder político nos dois anos seguintes, enquanto o Partido Operário Unificado Polaco (PZPR), de ideologia comunista, sob a liderança de Bolesław Bierut, ganhou um controlo firme sobre o país, o qual viria a fazer parte da esfera de influência soviética do pós-guerra, na Europa Central e na Europa de Leste.

Após a morte de Estaline, em 1953, um "descongelamento" político na esfera soviética permitiu que uma facção mais liberal dos comunistas polacos, liderados por Władysław Gomułka, ganhasse poder. Em meados da década de 1960, a Polónia começou a passar por dificuldades económicas e políticas. A situação atingiu o auge com a crise política de 1968 e os protestos de 1970, quando os preços do consumidor subiram gerando uma onda de greves. O governo introduziu um novo programa económico baseado em avultados empréstimos feitos pelo Ocidente, o que resultou num aumento nos padrões de vida e nas expectativas dos cidadão. No entanto, o programa significou uma crescente integração da economia da Polónia com a economia mundial, levando-a a uma situação de debilidade após a crise petrolífera de 1973. Em 1976, o governo de Edward Gierek foi forçado a elevar os preços novamente e dando origem aos protestos de Junho de 1976.

Este ciclo de repressão e reformas[b] e a luta económico-político adquiriu novas características com a eleição de 1978 de Karol Wojtyła como Papa João Paulo II. A inesperada eleição de Wojtyła reforçou a oposição ao autoritário e ineficiente sistema de nomenklatura do socialismo estatal, especialmente com a primeira visita do Papa à Polónia em 1979. No início de Agosto de 1980, uma nova onda de greves resultou na criação do sindicato independente Solidariedade (em polaco: Solidarność), liderado pelo electricista Lech Wałęsa. A crescente força e a actividade da oposição levou o governo de Wojciech Jaruzelski a declarar a lei marcial em Dezembro de 1981. No entanto, com as reformas de Mikhail Gorbachev na União Soviética, o aumento da pressão do Ocidente, e uma economia disfuncional, o regime foi forçado a negociar com seus adversários. As Conversações de 1989 levaram à participação do Solidariedade nas eleições desse ano. A impressionante vitória dos seus candidatos deu origem à primeira de várias sucessões de transições do regime comunista na Europa Central e Oriental. Em 1990, Jaruzelski renunciou à presidência da República da Polónia; após a eleição presidencial, foi sucedido por Walesa.

Notas

Referências

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre História da Polónia (1945–1989)