Abrir menu principal

O Hokke (藤原北家 Fujiwara Hokke?) era um ramo do clã Fujiwara fundado por Fujiwara no Fusasaki [1].

Ramo Hokke do Clã Fujiwara
藤原北家
Fujiwara Clan's Crest.gif
Província de origemProvíncia de Kanagawa
Clã de origemClã Fujiwara
Fundador(a)Fujiwara no Fusasaki
Ramos cadetesRamo Kujō , Ramo Nijō ,
Ramo Ichijō , Ramo Konoe ,
Ramo Takatsukasa

Fusasaki tinha três irmãos: Muchimaro , Maro e Umakai . Estes quatro irmãos são conhecidos por ter estabelecido as "quatro casas" dos Fujiwara [2].

HistóricoEditar

O Ramo Hokke é por vezes identificado como a "casa do norte".

Durante o Período Heian, os Hokke conseguiram estabelecer uma posição hereditária como Sekkan, seja para um imperador menor de idade ( Sesshō ) ou para um adulto ( Kanpaku ). Alguns membros proeminentes deste ramo ocuparam estas posições mais do que uma vez e por mais do que um imperador.

A Regência Fujiwara era a principal característica dos governos de toda o Período Heian. Kyoto ( Heian-kyo ) foi geopoliticamente a melhor sede do governo; com bons acessos a rios que desembocam no mar, que poderia ser alcançado por vias terrestres nas províncias orientais.

A partir de 995, Fujiwara no Michinaga foi capaz de entronar e destronar imperadores à vontade. Pouca autoridade foi deixada aos Imperadores para atuar no funcionalismo tradicional, e nos assuntos governamentais. Foi pai de quatro imperatrizes, tio de dois imperadores e avô de três.

Fujiwara no Kanezane (1149-1207), foi o último líder dos Hokke. Por recomendação de Minamoto no Yoritomo, Kanezane fundou o Ramo Kujō.

Lista dos Líderes do RamoEditar

Membros do Ramo que originaram outros RamosEditar

Veja tambémEditar

Referências

  1. Louis-Frédéric , Japan Encyclopedia (em inglês) Harvard University Press, 2002 pp 202 ISBN 9780674017535
  2. Frank Brinkley and Dairoku Kikuchi. A History of the Japanese People from the Earliest Times to the End of the Meiji Era.(em inglês) New York: Encyclopædia Britannica, 1915 p. 257. OCLC 413099 ; trecho, "casa de Muchimaro, sendo ao sul ( nan ) da capital, foi chamada Nan-ke ; a de Fusazaki , estando ao norte ( hoku ), foi denominada Hoku-ke ; Umakai era conhecido como Shiki-ke , já que ele presidia o Departamento de Cerimônias ( shiki ), e Maro era conhecido como Kyo-ke , tendo como referência a seu cargo. "
  3. a b c d e f g h i j k Helen Craig McCullough Okagami The Great Mirror: Fujiwara Michinaga (966-1027) and His Times (em inglês) Princeton University Press, 2014 p. 202 ISBN 9781400855933
  4. Frank Brinkley (1915). A History of the Japanese People from the Earliest Times to the End of the Meiji Era (em inglês). [S.l.]: The Encyclopædia Britannica Co. 203 páginas 
  5. Jien, Delmer Myers Brown The Future and the Past p. 312
  6. a b Jien, Delmer Myers Brown The Future and the Past p. 318